ANOMALIAS DO CORDÃO UMBILICAL

Páginas: 12 (2990 palavras) Publicado: 16 de novembro de 2014
2

Sumário

Página

1.

Introdução

3

2.

Anomalias

4

2.1. Anomalias estruturais

5

2.1.1. Artéria umbilical única

5

2.1.2. cordão com pouca geleia de Wharton

6

2.2. Anomalias por Variações do Comprimento
2.2.1. Cordão Umbilical Curto

7
7

2.2.1.1.Brevidade absoluta

7

2.2.1.2.A brevidade relativa

7

2.2.2. Cordões longos

7

2.2.2.Circular do cordão

8

2.2.3. Nós

8

2.2.3.1.Os nós verdadeiros

8

2.2.3.2.Falsos nós

9

2.2.4. Torções

9

2.3. Inserção anormal

10

2.3.1. Inserção na borda

10

2.3.2. Inserção velamentosa

10

2.4. Alterações vasculares

11

2.4.1 .Anomalias dos vasos umbilicais

11

2.4.2. Dilatações varicosas

11

2.4.3. Roturas

11

2.4.4. Hematomas

122.4.5. Trombose

12

2.5. Inflamações

13

2.6. Tumorações

14

2.7. distocias do cordão

15

2.7.1. Procidência do cordão

15

3.

Considerações finais

16

4.

Anexos

17

5.

Referências bibliográficas

24

3

1. Introdução

O cordão umbilical tem em média entre 25cm e 75cm dependendo da
idade gestacional e

é

constituído principalmente por:duas

artérias,

responsáveis por carregar os resíduos fetais para a placenta; uma veia, que
supre o embrião com oxigênio e alimento advindos da mãe; tecido conjuntivo, a
gelatina de Wharton, preenchendo o anexo de ligação feto-placentária.
O seu desenvolvimento se dá após a décima segunda semana de
gestação, quando o mesoderma extraembrionário se estende para fora do
embrião emgastrulação. As células mesenquimais no interior da cavidade
blastocística, sendo mais numerosas, condensam-se e formam uma ligação
entre embrião e cólon - o pedúnculo embrionário - que se une ao alantóide e
são circundados pela membrana amniótica, na extremidade caudal do disco
embrionário. Os vasos sanguíneos uterinos, remodelados devido atividade
proteolítica do citotrofoblasto, entram em contato como sinciciotrofoblasto,
proporcionando assim o desenvolvimento de vasos sanguíneos no pedúnculo
e, assim, dão origem ao cordão umbilical.

4

2. Anomalias

Anomalias são diferenças em relação ao que se considera normal,
portanto pode-se considerar uma anomalia toda e qualquer alteração tecidual,
no tamanho, aspecto, formação, inserção ou outra que não condiz com a
normalidade.
Não éincomum a apresentação anômala do cordão umbilical, porém,
devido ao parco interesse em estudos relacionados, existem poucos registros
bibliográficos.
A grande maioria dos achados são malformações ou desrupções, sendo
elas relacionadas ao tamanho, apresentação, estrutura – ausência ou
imperfeição de vasos e tecidos – ou inserção do cordão, que podem ter
diversas consequências tanto para agestante – diabetes e hipertensão –
quanto para o feto - malformações estruturais, prematuridade e morte fetal.

5

2.1. Anomalias Estruturais

2.1.1. Artéria umbilical única

A ausência de uma das artérias umbilicais, direita ou esquerda, sendo a
esquerda ausente em 65 a 70% dos casos, caracteriza um cordão umbilical
com apenas dois vasos (1 artéria, 1 veia) e tem incidência entre 1 e 2%de
todas as gestações, podendo chegar a e 2,5% em abortos espontâneos e 5%
em gestações gemelares.
Remanescentes de uma artéria secundária têm sido identificados
histologicamente no cordão umbilical de muitos casos de artéria umbilical
única, sugerindo a atrofia de uma artéria previamente normal
A detecção de uma artéria umbilical única pode ocorrer durante o prénatal durante o exameultrassonográfico, em um corte transversal do cordão
apresenta uma sensibilidade de aproximadamente 66% com quinze semanas
de gestação e 97% com 19 semanas. O valor preditivo positivo mantém-se por
volta de 75%, enquanto a especificidade e o valor preditivo negativo superam
95%. A ocorrência de falso-positivos no USG em geral se deve a uma análise
isolada de apenas uma alça do cordão, visto ser...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cordão Umbilical
  • Cordão Umbilical
  • Cordão Umbilical
  • cordao umbilical
  • A placenta e o cordão umbilical
  • Prolapso do cordão umbilical
  • SANGUE DO CORDÃO UMBILICAL E SUAS APLICAÇÕES
  • Funções da (o) Placenta, Cordão Umbilical e Âmnio

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!