Anfetaminas

Páginas: 5 (1233 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
Anfetaminas
As Anfetaminas são substâncias sintéticas estimulantes, vulgarmente denominadas speed, cristal, anfes, ice, metanfetaminas ou dextroanfetaminas, podendo ser encontradas sob a forma de cristais amarelados com sabor amargo, cápsulas, comprimidos, pó ou líquido. São geralmente consumidas por via oral, intravenosa (diluída em água), fumada ou aspirada (em pó). As anfetaminas estimulam oSNC, actuando na noroadrenalina (um neurotransmissor), afectando adicionalmente os sistemas dopaminérgicos e serotonérgicos, permitindo ao corpo efectuar actividades físicas em situações de stress. É considerada uma droga unclean dado o seu baixo grau de pureza (menos de 15%), incluindo o restante corte glucose, vitamina C, laxante, leite em pó, cafeína, aspirina e paracetamol.
Desde os anos 90tem sido uma droga muito popular entre as camadas mais jovens em ambientes recreativos (Clubbing, Festas, Raves), sendo a 2ª droga mais consumida em todo o mundo imediatamente a seguir à Cannabis (160 milhões): cerca de 26,2 milhões entre os 15-64 anos, representando 0,6% da população mundial, segundo o Relatório Mundial da Droga 2005 da ONU. Segundo este Relatório, os países produtores deanfetaminas são principalmente da Europa Ocidental e Central – Holanda, Polónia e Bélgica, para além dos Estados Bálticos (Lituânia e Estónia) e Bulgária.
Os diferentes tipos de estimulantes de tipo anfetaminas (anfetaminas, metanfetaminas, ecstasy, etc.), têm vindo a originar uma crescente procura de tratamento a seguir aos opiáceos: 10% na Ásia, 13% Oceânia, 12% América do Norte e 9% na Europa. Factoque deve não só preocupar agentes sanitários e sociais a nível da oferta adequada de serviços de tratamento, como também famílias e a sociedade em geral face aos problemas diversos que provoca a nível neurológico, biológico e emocional.
 
EFEITOS PREDOMINANTES
As anfetaminas, tradicionalmente usadas por quadros médios/superiores, têm vindo a registar um aumento entre homossexuais em festas(favorecendo comportamentos de risco e possíveis contágios HIV/Sida e outras DST’s), jovens adultos frequentadores do fenómeno clubbing, sem-abrigo e jovens foragidos, homens e mulheres que trabalham no sector do sexo e profissões que exigem alerta mental e endurance física durante várias horas (como os condutores de camiões), segundo dados recentes do NIDA. Facto que torna estes consumos um problemade saúde pública.
O consumo das anfetaminas pode provocar hiper-actividade à qual pode ser associada um aumento de atenção e concentração; perda de peso e sono; estado de excitação nervosa, euforia e aumento do grau de confiança que pode resultar numa diminuição auto-crítica; fadiga, depressão, apatia ou agressividade, comportamentos psicóticos e potenciais danos coronários e neurológicos.Adicionalmente, pode provocar sede, transpiração, desidratação, diarreia, taquicardia, aumento da tensão arterial, náuseas, má disposição, dores de cabeça, tonturas, sono irregular, tiques ou movimentos estereotipados, perda de apetite passíveis de originar anorexia nervosa, desnutrição e mesmo morte.
O consumo crónico pode levar a uma perda de peso acentuada, redução da resistência às infecções,perturbações do ritmo cardíaco, dores nos músculos e articulações, psicose anfetamínica caracterizada por irritabilidade, insónia, alucinações. Podem ainda ocorrer em estados de sobredosagem fortes dores no peito, insuficiência respiratória, perda de consciência, convulsões e morte.
A tolerância pode ser rapidamente desenvolvida, ocorrendo particularmente dependência psicológica. Nos casos de consumocontinuado resultantes em exaustão e depressão, os seus efeitos podem ser contrariados pela retoma do consumo que gera um tipo de imitação da dependência física.
Um estudo recente publicado na European Psychiatry (2004) conclui, através da aplicação do Inventário de Temperamento e Carácter (TCI) para mensuração da personalidade a dependentes de anfetaminas, que a busca da novidade, o evitar de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • anfetaminas
  • Anfetaminas
  • anfetaminas
  • Anfetaminas
  • Anfetaminas
  • Anfetaminas
  • ANFETAMINAS
  • anfetamina

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!