Anestesiologia

Páginas: 29 (7015 palavras) Publicado: 23 de outubro de 2013
INTRODUÇAO

AN(sem) ESTESIA (percepção), pode ser caracterizada pela perda da consciência, relaxamento muscular e perda das sensações corporais, resultante da administração de uma droga ( anestésico).
Antes da descoberta dos anestésicos gerais, a dor e o choque reduziam muito a possibilidade de intervenção cirúrgica.
Os anestésicos gerais induzem a depressão generalizada e reversível dosistema nervoso central (SNC). A anestesia geral provoca a perda da percepção de todas as sensações. O estado anestésico inclui perda da consciência, amnésia e imobilidade (ausência de resposta a estímulos nocivos), mas não necessariamente analgesia completa. Outros efeitos desejáveis provocados pelos anestésicos ou adjuvantes durante a cirurgia incluem relaxamento muscular, perda dos reflexosautônomos, analgesia e ansiólise. Antes da descoberta dos anestésicos gerais, a dor e o choque reduziam muito a possibilidade de intervenção cirúrgica. Houve grande redução da mortalidade pós-operatória após a primeira demonstração pública do uso de éter dietílico no Massachusetts General Hospital em 1846. Desde então, a administração de substâncias para a indução e a manutenção da anestesia tornou-se umaespecialidade médica separada. O anestesiologista moderno é responsável por todos os aspectos da saúde do paciente durante a cirurgia. Como parte desse processo, o anestesiologista controla a profundidade da anestesia e mantém o equilíbrio homeostático com um arsenal de anestésicos inalatórios e intravenosos, além de muitos fármacos adjuvantes. Os anestésicos gerais induzem a depressãogeneralizada e reversível do sistema nervoso central (SNC). A anestesia geral provoca a perda da percepção de todas as sensações. O estado anestésico inclui perda da consciência, amnésia e imobilidade (ausência de resposta a estímulos nocivos), mas não necessariamente analgesia completa. Outros efeitos desejáveis provocados pelos anestésicos ou adjuvantes durante a cirurgia incluem relaxamento muscular,perda dos reflexos autônomos, analgesia e ansiólise. Todos esses efeitos facilitam a execução segura e indolor do procedimento; alguns efeitos são mais importantes em certos tipos de cirurgia do que outros. Por exemplo, a cirurgia abdominal requer relaxamento quase total dos músculos abdominais, ao passo que a neurocirurgia costuma demandar anestesia leve, que possa ser interrompida rapidamentequando o neurocirurgião precisar avaliar a capacidade do paciente de responder a comandos. A estrutura deste capítulo permite compreender a farmacodinâmica e a farmacocinética dos anestésicos gerais no contexto das variáveis fisiológicas e fisiopatológicas. Após apresentar a farmacologia de agentes específicos e como alcançar uma anestesia balanceada, o capítulo analisa os conhecimentos atuais sobre omecanismo de ação dos anestésicos gerais.








HISTORICO
Nos primórdios alguns cirurgiões consideravam a dor uma consequência inevitável do ato cirúrgico, não havendo uma preocupação, por parte da maioria deles, em empregar técnicas que aliviassem o sofrimento relacionado ao procedimento. . As primeiras tentativas de alívio da dor foram feitas com métodos puramente físicos comopressão e gelo, bem como uso de hipnose, ingestão de álcool e preparados botânicos.
Por volta dos séculos IX a XII a esponja soporífera tornou-se um dos métodos mais populares de prover analgesia. Preparada a base de mandrágora e outras ervas, tinha como seus principais compostos morfina e escopolamina.
O que é Anestesia? Anestesia é o estado de total ausência de dor durante um procedimento cirúrgico,exame diagnóstico ou curativo. É uma tarefa que exige do profissional médico anestesiologista habilidade clínica e conhecimento de técnicas para executá-las.

Quem é o Anestesiologista? São médicos com especialização e treinamento em anestesiologia. Estes médicos não só aplicam a anestesia, como também são responsáveis pela avaliação do paciente, pela técnica anestésica adequada a cada...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Anestesiologia
  • Anestesiologia
  • Anestesiologia
  • Anestesiologia
  • anestesiologia
  • Anestesiologia
  • anestesiologia
  • Anestesiologia em Odontologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!