anestésico inalatorio

Páginas: 10 (2266 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013


Óxido nitroso, clorofórmio e éter: primeiros
anestésicos utilizados em anestesia geral;



Sete anestésicos inalatórios atualmente
utilizados: óxido nitroso, halotano,
metoxiflurano, enflurano, isoflurano,
desflurano e sevoflurano.

ANESTESIOLOGIA

DEFINIÇÃO
ANESTESIA GERAL É UM TERMO UTILIZADO PARA DESIGNAR UMA
CONDIÇÃO TRANSITÓRIA E REVERSÍVEL DO SISTEMA
NERVOSOINDUZIDA POR AGENTES FARMACOLÓGICOS EM
QUE OCORREM SIMULTANEAMENTE:
1.

INCONSCIÊNCIA (HIPNOSE)

2.

RELAXAMENTO NEUROMUSCULAR

3.

ABOLIÇÃO DA DOR (ANALGESIA)

4.

BLOQUEIO DOS REFLEXOS AUTONÔMICOS



Indução anestésica com agentes inalatórios:
fácil e muito utilizada em crianças;



Indução anestésica com agentes inalatórios:
difícil em adultos.



Farmacocinética:engloba todos os fatores
que influenciam a relação temporal entre a
administração de uma droga e a
concentração no sítio efetor da mesma
(como o organismo afeta a droga);



Mecanismo de ação dos anestésicos
inalatórios: obscuro: ação depende de
concentração terapêutica no SNC.



Gás fresco que sai do aparelho de anestesia
mistura com o circuito do ventilador antes de
serinspirado pelo paciente;



Mistura do gás inspirado: fluxo de gases
frescos, volume do circuito ventilatório e
absorção de anestésico pelo circuito.



Quanto maior o fluxo de gases frescos,
menor o volume do sistema ventilatório e
menor a absorção pelo circuito, mais próxima
será a concentração inspirada (Fi) da
concentração do fluxo de gases frescos
(indução e despertar maisrápidos).



Influenciam a FA:



1. Captação do anestésico pelo organismo;



2. Ventilação;



3. Concentração inspirada.



Captação do anestésico pelo organismo:
FA/FI < 1;



Quanto maior a captação, mais lenta a
elevação da concentração alveolar ,menor a
relação FA:FI e menor a pressão parcial
alveolar do anestésico.



Concentração de um gás:diretamente
proporcional à sua pressão parcial;



Pressão parcial alveolar: determina pressão
parcial do anestésico no sangue e no cérebro:
efeito clínico.



Alta taxa de captação do anestésico: maior
diferença nas concentrações inspirada e
alveolar: mais lenta a indução;



Três fatores afetam a captação do anestésico
inalatório: solubilidade no sangue, fluxo
sanguíneo alveolar ediferença de pressão
parcial entre alvéolo e sangue.



1. Solubilidade no sangue:



Agentes pouco solúveis (óxido nitroso):
captados menos avidamente que os mais
solúveis (halotano);



Concentração alveolar dos agentes menos
solúveis: sobe mais rapidamente: indução
mais rápida.



Solubilidades relativas dos anestésicos no ar,
sangue e tecidos: expressa emcoeficientes
de partição;



Coeficiente de partição: relação das
concentrações entre duas fases de equilíbrio.
(pressões parciais iguais em duas fases) .



Coeficiente de partição sangue/gás: relação
entre as concentrações no sangue e no gás
alveolar em situação de equilíbrio:



1. Coeficiente de partição sangue/gás alto:
significa que muito anestésico deve estar
dissolvido nosangue para atingir a pressão
parcial de equilíbrio;



2. Alto coeficiente de partição sangue/gás:
alta solubilidade do anestésico: maior
captação pela circulação pulmonar: pressão
parcial alveolar sobe mais lentamente:
indução mais prolongada;



2. Fluxo Sanguíneo Alveolar:



Relação direta com o DC;



Aumento do DC: aumento da captação;



Aumento dacaptação: pressão alveolar sobe
lentamente: indução mais lenta.



Anestésicos pouco solúveis: sofrem pouco
efeito com a elevação do DC;



Anestésicos muito solúveis: sofrem influência
do DC: queda do DC pode causar
superdosagem (alça de feedback positivo).



3. Diferença de pressão parcial entre
alvéolo e sangue:



Este gradiente depende da captação tecidual;



A...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • anestesicos inalatorios
  • Anestésicos
  • ANESTESICO
  • anestesico
  • Anestesicos
  • Anestesicos
  • anestésicos
  • anestesicos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!