anamnesea e entrevista

Páginas: 7 (1709 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
ANAMNESE E ENTREVISTA E AVALIAÇÃO DE CONSCIÊNCIA
OBJETIVOS DA ANAMNESE
1. Estabelecer a relação profissional da saúde/paciente;
2. Obter os elementos essenciais da história clínica;
3. Conhecer os fatores pessoais, familiares e ambientais relacionados com o processo saúde/doença;
4. Obter os elementos para guiar o profissional no exame físico;
5. Definir a estratégia de investigaçãocomplementar;
6. Direcionar a terapêutica em função do entendimento global a respeito do paciente.
REQUISITOS BÁSICOS
- Objetividade e Respeito
- Interpretação e Observação
- Sensibilidade e Especificidade
- Reprodutibilidade
- Entender e ser entendido corretamente
- Sinceridade e Empatia.
A ANAMNESE COMPÕE-SE DE SEIS PARTES:
1. Identificação 2. Queixa principal ou Queixa eDuração (QD) 3. História da Doença Atual (HDA) 4. Interrogatório dos diferentes aparelhos (Sintomatológico) 5. Antecedentes Pessoais 6. Antecedentes Familiares.
ELEMENTOS BÁSICOS PARA A AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE CONSCIÊNCIA:
1.Perceptividade: corresponde a respostas complexas, como gestos e palavras, ou mais simples, como piscamento à ameaça. / 2.Reatividade: relacionada com mecanismos presentesdesde o nascimento, como visão, audição, reação de despertar, reação de orientação e reações focais e gerais à dor.
ESTÍMULOS: 1.Auditivos: inicialmente tom de voz normal, se não houver resposta elevar tonalidade. Na presença de respostas, avaliar o grau de orientação do paciente./ 2.Táteis: podem ser aplicados junto aos auditivos para despertar o paciente. Se nãoocorrer resposta, estímulos dolorosos devem ser aplicados./ 3. Dolorosos: método mais indicado é a aplicação de uma compressão perpendicularmente ao leito ungueal proximal (mãos ou pés), com a ajuda de instrumentos (caneta, lápis ou a própria unha).
ALTERAÇÕES NOS NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA
Rebaixamento do nível de consciência é o parâmetro mais sensível de insuficiência encefálica. Pode terinício com pequena confusão mental, com dificuldade de elaboração de frases e armazenamento de informações, podendo chegar à sonolência até o coma.
Alterações mais comuns:
1.Letargia ou sonolência: paciente acorda ao estímulo auditivo, está orientado no tempo, espaço e responde lenta e vagarosamente ao estímulo verbal, à elaboração de processos mentais e à atividade motora.Cessado o estímulo verbal, retorna ao estado de sonolência.
2.Estado confusional ou delirium: sintomas de início agudo, de caráter confuso e com intervalos de lucidez.
3.Obnubilação: paciente muito sonolento, ou seja, necessita ser estimulado intensamente, com associação de estímulo auditivo mais intenso e estímulo tátil. Pode responder a comandos simples (p. ex.: quando solicitado paracolocar a língua para fora da boca). Responde apropriadamente ao estímulo doloroso.
4.Estupor ou torpor: não responsivo, necessitando de estimulação dolorosa para responder. Responde apropriadamente ao estímulo doloroso, apresenta resposta com sons incompreensíveis e/ou com abertura ocular.
5.Coma: estado em que o indivíduo não demonstra conhecimento de si próprio e do meio ambiente comausência do nível de alerta (inconsciente, não interagindo com o meio e com os estímulos externos, permanecendo com os olhos fechados, como em um sono profundo).
Neste estado o paciente apresenta apenas respostas de reatividade..
ESCALA DE COMA DE GLASGOW:
A escala de GLASGOW serve para classificar os pacientes em coma.
ABERTURA OCULAR
Espontânea - 4
Com estímulo verbal - 3
Comestímulo doloroso - 2
Nenhuma resposta - 1
RESPOSTA VERBAL
Orientado - 5
Confuso - 4
Palavras impróprias - 3
Sons incompreensíveis - 2
Nenhuma – 1
RESPOSTA MOTORA
Obedece aos comandos - 6
Localiza e retira estímulos - 5
Localiza estímulos - 4
Responde em flexão - 3
Responde em extensão - 2
Nenhuma resposta – 1
RESULTADO DO COMA:
GRAVE. < 7
MODERADO. 8 – 14
NORMAL. 15...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • entrevista
  • Entrevista
  • entrevista
  • Entrevista
  • Entrevista
  • Entrevistas
  • Entrevista
  • Entrevista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!