Analise do vídeo 'O problema não é meu'

Páginas: 2 (324 palavras) Publicado: 23 de outubro de 2013
Ciências Contábeis – 1º Período – FACEMG/IBHES
Grupo: Lorrana Werneck

Trabalho: O Problema não é meu

Neste vídeo, vemos claramente a estrutura burocrática da empresa, caracterizado pelosistema hierárquico, alta divisão de responsabilidade, onde seus membros executam invariavelmente regras e procedimentos padrões.
A questão de não assumir responsabilidades, é umacaracterística conformista, devido a falta de motivação, como por exemplo, aumento salarial, promoções, benefícios, conforto no ambiente de trabalho, e também pela centralização da informação, que dificultao processo de tomada de decisões, de ter atitude, limita as relações informais, sendo que as estas podem ser mais funcionais. Outro motivo caracterizado por este tipo de sistema é a falta decompetitividade. Um profissional motivado, se torna competitivo e aberto a soluções de problemas e proporciona o crescimento pessoal e da organização.
O "ritualismo burocrático" pode tornar aspessoas menos originais, menos capazes de responder a uma situação imprevista, pode tornar as pessoas menos "adaptáveis". O formato organizacional horizontal é o mais adequado e funcional, a ideiaé incluir muitas pessoas nos processos de tomada de decisões, fazendo com que todos se interessem pelos mais variados processos que terminam por alcançar os objetivos da empresa.
Dentro de umaorganização o problema de um, pode se tornar um problema de todos, pois vai refletir no bom desempenho da empresa e consequentemente em sua estabilidade profissional. Que é o que aconteceu novídeo um problema pequeno, que não foi resolvido desde inicio se tornou algo grandioso e fora de controle, e a partir do momento que houve troca de informações e trabalho em equipe, é que oproblema foi solucionado.
Portanto é muito importante estimular a participação da equipe, para que possam gerar ideias para soluções de problemas, assim alcançando os resultados esperados.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O problema não é meu
  • O problema nao é meu
  • O problema não é meu
  • O problema não é meu
  • ANÁLISE DE VÍDEO
  • Críticas ao orçamento: Problemas com o artefato ou a não utilização de uma abordagem abrangente de análise?
  • Análise do problema
  • Analise do video mega construçoes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!