Ana Cristina Cesar - Documentário

Páginas: 9 (2026 palavras) Publicado: 24 de novembro de 2014
Anotações para comentar sobre o texto de Ana Cristina César.
 Nesse texto Ana Cristina César aborta os documentários sobre autores nacionais durante o Estado Novo e a Ditadura Militar, época em que a autora viveu.
 A autora conta que o próprio governo incentivou e patrocinou a feitura destes documentários.
 O objetivo era criar a identidade nacional, o nacionalismo da cultura e afirmação daidentidade cultural brasileira – usando os autores de literatura como
exemplo de heróis nacionais a serem seguidos.
 O documentário era o melhor instrumento para tanto devido à natureza educativa do estilo cinematográfico. Que tem objetivo de “reprodução da realidade”
com objetivo de ensinar, mostrar, divulgar e esclarecer.
 A escolha pelo documentário também vem do desejo de modernizar oensino usando por isso uma nova ferramenta da modernidade o cinema.
 Ana.C percebe que o uso do documentário sobre literatura teve auge em dois momentos diferentes que ela chamou de Surtos: o primeiro mais educativo o
segundo mais cultural.
 O 1º surto teve produção de curtas-metragens, feitos em grande quantidade por um órgão, de uso do cinema de forma educacional, o INCE, começando em
1937,durante o Estado Novo, dirigidos por Humberto Mauro (Chefe de serviços técnicos Cinematográficos), com foco na vida dos autores literários.
 O segundo surto surgiu nos anos 70, de 1974 em diante, filmes (curta-metragem) que se baseavam em obras literárias. Surge durante o governo militar, com
patrocínio do governo por meio do MEC (Departamento de Filme Educativo e Departamento de AssuntosCulturais), de um desejo de intervenção cultural
como uma forma menos evasiva de controle do que a repressão “e talvez” mais eficiente.
 Esses filmes tinham de se encaixar dentro das exigências ideológicas do governo: identificar a visão oficial de literatura, concepção oficial sobre a cultura e
exaltação da personalidade do escritor.
 Além desses filmes os que existiam na época do governomilitar eram os filmes independentes – que às vezes tinham que se vender apenas para pagar suas
dívidas para serem feitos.
 Os documentários sobre autor de literatura eram de duas formas: ou possuíam uma linguagem conservadora e davam ênfase a dados bibliográficos; ou;
tiravam a figura do autor do centro das atenções e criavam um filme que colocava em destaque uma relação com o texto literáriodesse autor.
 Outro ponto que a autora destaca: que apesar do curta-metragem não ser levado a sério no país, nesses dois momentos foram eles que foram utilizados para
esses projetos de uso do documentário como educacional e para produzir o nacionalismo.
Reflexão do autor.





Documentário:
Esquecem que é uma relação entre o produtor (o diretor) e o seu objeto (o autor de literatura).Ou seja, a visão desse objeto e não a realidade pura.
Acredita-se que o documentário é a visão mais fiel do que qualquer outra. Como se o espectador estivesse diante do próprio real.
Pois o documentário cria o mito da objetividade por causa da sua objetividade de documental.

 Literatura:
 O escritor de literatura é escolhido como objeto porque suas obras podem ser destacadas como grandefeito nacional de grandes destaques da nossa cultura
que transmitem a nossa nacionalidade em seus escritos.
 Documentário oficial x documentário independente:
 Principalmente no segundo surto o de 70, há essas duas formas de fazer o documentário sobre os autores e suas obras: o oficial patrocinado pelo MEC e os
filmes independentes.
 O ser um filme independente não garantia a subversão aideologia recorrente que o estado tentava passar com seus filmes oficiais, ou seja, usar o autor como
monumento nacional, exemplo de nacionalidade, com caráter educativo e preconizando a transmissão integra da realidade.
 Por seu lado ser um filme oficial com patrocínio do estado também não era garantia de ser um filme com a ideologia do estado, mas principalmente não
afirmava que seria um...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Características de Ana Cristina César
  • Correspondência de Ana Cristina Cesar
  • De gatos, poemas e sorrisos: a “gatografias” de ana cristina cesar
  • ana cristina
  • Qustoes de Quimica da Ana Cristina
  • FICHAMENTO ANA CRISTINA 2
  • Ana Cristina Faculdade
  • Ana Cristina 2

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!