Análisedos impactosdosmodelos tradicionais de gestão na saude mental do trabalhador

Páginas: 18 (4444 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2011
ISSN: 2175-3997

Análise dos Impactos dos Modelos Tradicionais de Gestão na Saúde Mental do Trabalhador
Leônia Maria Santiago Cavalcante leoniam@yahoo.com.br Sueli Maria de Araújo Cavalcante suelicavalcante@ufc.br

RESUMO Este artigo faz uma análise sobre as características dos modelos tradicionais de gestão e suas repercussões na saúde mental do trabalhador. Chama atenção para o fato dosmesmos desconsiderarem os aspectos subjetivos na relação homem x trabalho x organização, o que consequentemente afeta o bem-estar físico, emocional e social dos indivíduos, gerando sofrimento psíquico, e podendo resultar em prejuízos no desempenho de suas atividades. Partindo-se deste pressuposto, aborda o conceito de saúde mental, identificando os fatores no ambiente de trabalho que afetam asensação de bem-estar do trabalhador, empreendendo uma investigação exploratória sobre como essas diversas práticas de gestão tradicionais e suas características de organização do trabalho podem se relacionar ao processo saúde-doença dos trabalhadores. Conclui que os estilos de gestão tradicionais marcados pela racionalidade e visão tecnoburocrática comprometem a saúde mental do trabalhador. Sugere,portanto, que as práticas administrativas modernas estimulem a autonomia, criatividade e participação, na certeza de que desenvolverão indivíduos saudáveis e comprometidos com os objetivos organizacionais. Palavras-chave: Organização do trabalho, Modelos tradicionais de Gestão, Saúde Mental.

INTRODUÇÃO Durante muito tempo, as práticas tradicionais administrativas consideraram o trabalho umaatividade mecânica desvinculada de prazer. Com essa visão, acreditavam que a supervisão, o controle e as recompensas materiais seriam os únicos fatores motivadores do

2

comportamento do individuo no trabalho. Buscavam, a todo custo, maximizar a eficiência organizacional através das tarefas (Taylor), das estruturas (Fayol) e da organização racionalística (Weber), substituindo o empirismo portécnicas e procedimentos científicos bem planejados. Entretanto, era o elemento humano ignorado neste contexto. E, a não implicação do sujeito no processo de produção pode representar uma grande ameaça a sua saúde mental, gerando, assim, sofrimento psíquico decorrente da utilização do trabalhador como mero executor, recurso passivo ou individuo não pensante. Assim sendo, o trabalho pode tomar-se fonte desofrimento e minar a capacidade transformadora do indivíduo ao impedir a manifestação de sua singularidade. As conseqüências desta homogeneização, frutos da maquinizacão do homem em prol exclusivamente da produtividade, leva ao bloqueio de suas habilidades humanas de criar, modificar e se adaptar, impossibilitando-o de exercer a sua autonomia enquanto indivíduo desejante. Portanto, de acordo comos estudos torna-se mister que atividades monótonas, repetitivas, automatizadas e pr6prias para serem executadas por máquinas, deixam grandes seqüelas no bem-estar psíquico do trabalhador, pois não lhe possibilita a satisfação de necessidades humanas complexas que, quando não satisfeitas, levam a frustração, ausência de prazer e de saúde mental.

FATORES NO CONTEXTO LABORATIVO COMPROMETEDORES DASAÚDE MENTAL Como poderia então o trabalho afetar a nossa saúde mental? Muchinsky (2004)

evidencia que a saúde da força de trabalho (bem-estar mental, emocional e físico) é uma das questões mais importantes do nosso tempo. Mostra-se indiscutível que as condições do ambiente e a organização do trabalho podem estar articuladas ao processo saúde-doença do indivíduo, embora saiba que interagemtambém a história de vida do individuo (a hereditariedade) como fator de vulnerabilidade do mesmo ao adoecimento no ambiente de trabalho. Bem-estar afetivo, competência, autonomia, alto nível de aspiração, motivação e funcionamento integrado (harmonia, equilíbrio e integridade afetiva) são características de uma pessoa mentalmente sadia, Para Freud, a pessoa sadia é alguém que consegue equilibrar...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Saúde Mental e do trabalhador
  • saúde mental do trabalhador
  • A saúde mental do trabalhador
  • A saúde mental do trabalhador em organizações
  • Saude mental do trabalhador
  • Saude mental do trabalhador
  • saúde mental do trabalhador
  • Saúde Mental do trabalhador

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!