Análise

Páginas: 7 (1652 palavras) Publicado: 27 de junho de 2012
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ – UECE
CENTRO DE HUMANIDADES – CH
Curso: Letras – Noturno
Disciplina: Introdução a Estilística
Professora: Otávia Marques
Formando: Rubens Lima dos Santos

A ESTILÍSTICA DA PALAVRA - Resumo
Estuda seus aspectos expressivos ligados aos componentes semânticos e morfológicos, e que não podem ser separados dos aspectos sintáticos e contextuais. Segundoàs regras da língua, os atos da fala fazem combinações de palavras. Na teoria, o léxico e a gramática são separados; mesmo que as palavras tenham algum significado extralinguístico, elas funcionam com a associação de um componente gramatical. Conceituar o léxico é bastante dificultoso, porém Josette Rey-Debove diz que o mesmo pode se apresentar de três modos:
a) Conjunto de Morfemas: morfemassão unidades significativas mínimas, presas ou livres, de natureza lexical ou gramatical. Os de natureza lexical, ou seja, os radicais, semantemas ou lexemas, são classes abertas, possibilitando acréscimos e perdas; gramatical ou gramema é de classe fechada, estabelecida, restrita. Esse conceito é de difícil aceitação uma vez que a frase é formada de unidades codificadas altas que se combina comdois ou mais morfemas.
b) Conjunto de Palavras de uma língua: é o tradicional, tem o dicionário como imagem. Não satisfaz, pois é impreciso ao se comparar com a definição de palavra (forma livre que não pode ser dividida em formas livres menores). Uma forma livre mínima atua como uma elocução completa. Esse conceito divide as palavras em lexicais e gramaticais, mas surge uma dúvida: será que asformas livres gramaticais são realmente palavras uma vez que a maioria dela pode atuar como elocuções completas?
c) Conjunto de Unidades ou Palavras de Classe Aberta: são os morfemas lexicais ou as palavras lexicais. Para que esse conceito seja aceito, é necessário que os conjuntos abertos e fechados sejam exatos.
Como não há uma conceituação precisa sobre o léxico, o conceito mais aceito édo item b, mesmo recebendo esse conceito criticas dos linguistas por ter o rigor cientifico. Mattoso diz que o vocábulo distingue-se em lexical (semantema) e gramatical (morfema). Nos estudos da linguagem há duvidas quanto ao termo e não apresenta um rigor na expressividade, subjetividade, poeticidade, desvio de norma, conotação e outros. Só resta tentar compreender esses fenômenos sem que sepossa ter definição e classificação. Aqui serão focalizadas as possibilidades expressivas da língua em espécies gramatical e lexicais, ou seja, os valores que se sobre sobrepõem sob a comunicação racional, lógica, de fatos ou ideias.
PALAVRAS GRAMATICAIS
Empregam-se além das denominações morfemas, gramemas, as palavras-formas, palavras vazias e instrumentos gramaticais. O significado de palavrasgramaticais só pode ser entendido no contexto linguístico e por esse motivo leva o titulo de intralinguístico. Conforme Ulmann, pode ser também palavras sinsemânticas, pois são significativas se estão acompanhadas por outra que é o aposto de autossemânticas ou lexicais, isto é, tem seu próprio significado. Apesar de serem poucas as palavras gramaticais, elas são frequentes nos enunciados, comimportantes funções. Essa função pode relacionar-se com a enunciação, organização do discurso ou do texto ou até com a estrutura frasal. Tais funções servem para:
* Relacionar o enunciado com a enunciação, mostrando aos participantes da comunicação, o espaço e o tempo que ocorre. São dêiticos (eu, tu e suas variantes aqui, aí, agora, possessivos e demonstrativos, referentes à 1ª e 2ª pessoas, etc.);* Substituir ou referir algum elemento no enunciado. São anafóricos -palavras ou expressões que serve para retomar um termo já expresso anteriormente no texto- (ele, demonstrativos não relacionados à 1ª e 2ª pessoa);
* Atualizar os nomes, transformar palavras de dicionários em termos da frase. São os determinantes: artigos, pronomes, adjetivos, numerais.
* Identificar quantidade...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Em analise
  • Analise
  • Analise
  • Analise
  • analise
  • analise
  • Analise
  • Análise

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!