Análise sobre a Historiografia do Imperialismo - de Ramon Vilarino

Páginas: 21 (5033 palavras) Publicado: 11 de fevereiro de 2015
Anais do IV Simpósio Lutas Sociais na América Latina ISSN: 2177-9503
Imperialismo, nacionalismo e militarismo no Século XXI
14 a 17 de setembro de 2010, Londrina, UEL
GT 4. Imperialismo, nacionalismo e militarismo na América Latina

Imperialismo e
subimperialismo na
América do Sul:
Sul:
os casos Malvinas e Roboré
Ramon Casas Vilarino1

No capitalismo contemporâneo, o petróleo temganhado importância
cada vez maior, tendo sido responsável pela deflagração de inúmeras guerras
e conflitos que opuseram nações e povos. Não é à toa que quando sua
exploração está em causa, paixões afloram e sentimentos nacionalistas, de
defesa da soberania da pátria e das riquezas naturais são reanimados e
entram em campo para combater o usurpador, identificado com o
imperialismo e visto comoresponsável pela pobreza do país.
Assistimos a esse filme recentemente, por conta das tensões entre
Brasil e Bolívia, e agora com a disputa das Ilhas Malvinas. Neste último, em
fevereiro, o governo da presidente Cristina Kirchner reacendeu o debate em
torno do direito de posse das ilhas localizadas ao sul do território argentino.
Após quase trinta anos do conflito envolvendo Argentina eInglaterra, desta
vez a gota d´água foi o envio por parte dos britânicos de plataforma e
equipamentos para extração de petróleo nos arredores das Ilhas Malvinas ou
Falkland Islands, como preferem chamar. Líderes políticos dos países latinoamericanos, reunidos em fevereiro na Cúpula da América Latina e Caribe
1 Mestre em História e Doutor em Ciências Sociais: Política pela PUC-SP; professor doInstituto Sumaré
de Educação Superior (ISES). End. eletrônico: ramoncv@ig.com.br

GT 4. Imperialismo, nacionalismo e militarismo na América Latina

40

em Cancún, deram apoio à demanda argentina, e a ONU foi convidada a
tomar parte nas discussões a fim de chegar-se a um consenso, muito difícil
em questões dessa natureza. Para entender melhor essa discussão, é preciso
voltar no tempo erelembrar um pouco da colonização na América do Sul,
da política imperialista nos séculos XIX e XX, e atentar para o novo
imperialismo no XXI.
O que há nas ilhas e por trás delas?
A rigor, sejam Malvinas ou Falklands, as ilhas no Atlântico Sul não
possuem riquezas visíveis que justifiquem invasões e guerras, já ocorridas,
nem o mal-estar diplomático entre a Argentina e a Inglaterra que perduradesde a guerra de 1982. Se assim é, quais são os “mistérios (e encantos) de
Clarice”?
Devido à proximidade da Antártica, a localização das ilhas é
estratégica para quem quiser reivindicar direitos sobre o continente gelado.
A posse desse pequeno território, portanto, poderia auxiliar a Inglaterra em
embates futuros com outras potências e mesmo com países sul-americanos
em torno da exploração eocupação desse rincão. A localização das ilhas,
ainda, permite uma observação atenta e certo controle sobre o tráfego
marítimo na América do Sul, na ligação do Atlântico com o Pacífico. Seja
para efeitos comerciais, seja em situações de guerra, a confluência de dois
oceanos é importante do ponto de vista geopolítico. Quanto mais saídas e
controle sobre elas, melhor. No entanto, além dessasvantagens
proporcionadas pela sua localização, as Malvinas ainda possuem um
potencial energético, que ficou comprovado agora com a chegada de
equipamentos e a intenção da Inglaterra em explorar petróleo. Tendo em
vista as recentes descobertas em águas brasileiras, haveria ali também um
pré-sal? Por via das dúvidas, a presidente Cristina Kirschner proibiu o
tráfego de embarcações por águasargentinas em direção às Malvinas sem
expressa autorização de seu governo. O impasse foi estabelecido.
Colonização e imperialismo
Antes mesmo da chegada de Cristóvão Colombo à América, em
1492, acendeu-se um conflito entre Portugal e Espanha. Como o primeiro
adiantara-se na expansão marítima, e tendo em vista os enormes esforços e
recursos que foram despendidos, insistiu em acordos a fim de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise sobre a historiografia da idade média
  • ANÁLISE SOBRE A HISTORIOGRAFIA DA IDADE MÉDIA
  • Análise sobre a historiografia da idede media
  • sobre o imperialismo
  • a historiografia sobre as cronicas americanas
  • Resumo sobre a historiografia francesa
  • A historiografia sobre o movimento psicanalítico no Brasil
  • Exercícios sobre Imperialismo e Grande Guerra

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!