Análise preliminar da fauna de Chordata (vertebrados) encontrada nas Escavações Arqueológicas do Antigo Museu Real – Praça da República, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Páginas: 5 (1041 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Análise preliminar da fauna de Chordata (vertebrados) encontrada nas Escavações
Arqueológicas do Antigo Museu Real – Praça da República, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
ALVES-AZEVEDO, José Antônio¹ & CAMPOS, Guadalupe Nascimento²
¹IBPA – Instituto Brasileiro de Pesquisas Arqueológicas;
²MAST –Museu de Astronomia.
Contato: jaalvesazevedo@hotmail.com
INTRODUÇÃO

SEM VESTÍGIOS DE QUE SÃO RESTOSALIMENTARES: REPTILIA. “Cobras” –

Antigo Museu Real:

(Squamata: Serpentes).AVES. “Pombo-doméstico” – Columba lívia Gmelin, 1789 e

O Antigo Museu Real sediou o primeiro acervo museológico do Brasil. Foi implantado em 1818,

“Rolinha” –Columbina sp. Spix, 1825 (Columbiformes: Columbidae). Várias espécies de

quando D João VI assinou o decreto para sua criação. Para a sua sede, D João VIcomprou um

pássaros – (Passeriformes). MAMMALIA. “Gambá” – Didelphis sp. Linnaeus, 1758

palacete, ainda em construção, localizado no Campo de Santana, entre as Ruas dos Ciganos e

(Didelphimorphia: Didelphidae). “Tatu” – Dasypus sp Linnaeus, 1758 (Cingulata:

do Conde, atualmente conhecidas como Rua da Constituição e Rua Visconde do Rio Branco. O

Dasypodidae). “Morcegos”(Chiroptera). “Gato-doméstico” – Felis catus Linnaeus, 1758

palacete pertencia a João Rodrigues Pereira de Almeida, Barão de Ubá. O Museu Real,

(Carnivora: Felidae). “Cão-doméstico” – Canis lupus familiaris Linnaeus, 1758 (Carnivora:

posteriormente denominado Nacional (1842) esteve nesse edifício até o ano de 1892, quando

Canidae). “Cavalo” – Equus caballus Linnaeus, 1758 (Perissodactyla:Equidae). ”Ratos,

foi transferido para o Palácio de São Cristóvão na Quinta da Boa Vista. Entre os anos de 1905 a

Ratos-domésticos ou camundongos” – Mus sp Linnaeus 1758 e Rattus sp Linnaeus,

1906, foram realizadas reformas no edifício para acolherem o Arquivo Nacional.
Em 2010, sob a coordenação da Arqueóloga Guadalupe do Nascimento Campos, realizaram-

Fischer, 1803 (Rodentia: Muridae).“Preá, porquinho-da-índia” – Cavia sp (Rodentia:

se pesquisas arqueológicas no primeiro pavimento do edifício, atual Museu e Centro Cultural da
Casa da Moeda do Brasil – Projeto de Restauro, no âmbito do Pronac, Nº 09-7454, Fase 2, sob

Caviidae).

CONSIDERAÇÕES FINAIS/CONCLUSÃO

coordenação do Instituto Hebert Levy. O Projeto arqueológico obteve o apoio do Instituto de

A maior parte daspeças são restos alimentares e pertencem aos animais comumente utilizados

Arqueologia Brasileira, além do acompanhamento de pesquisadores da Gerência de

para o consumo (predominando em mais de 90% os bois domésticos). Evidências de

Arqueologia do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade da Prefeitura do Rio e do IPHAN.

consumo: colorações, quebras perpendiculares à superfície óssea erachaduras (sinais de que

Relevância das pesquisas; Os dados obtidos nas análises dos vestígios faunísticos

os ossos foram submetidos a temperaturas acima dos 300º C); incisões, quebras propositais e

encontrados no Antigo Museu Real possibilitarão a consolidação e elucidação de novos fatos

marcas produzidas por instrumentos de corte (para facilitar o desmembramento e descarne). Asconcernentes à História do Brasil e História da Ciência do Brasil.

espécies geralmente não consumíveis (gatos, cães e ratos) não apresentavam esses sinais,

MATERIAIS E MÉTODOS

algumas estavam com os esqueletos quase completos e suas proporções reduzidas. Cabe
ainda ressaltar duas características: A grande concentração de processos cornuais (chifres),

Perícia do material zooarqueológico: Paraidentificarmos as unidades ósseas arqueológicas

ocupando aproximadamente 4,7% (estimado em 22,80m3) do espaço da Área Teatro (estimado

e os seus respectivos táxons utilizamos Atlas de anatomia humana e animal, Literatura

em 485,4m3). Foram identificados 70 chifres, o que significa um número mínimo de 35 animais.

específica e Arquivos ósseos particulares e de Instituições de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Museus comunitários no rio de janeiro
  • Museu de arte do Rio de Janeiro
  • Resenha "O Rio de Janeiro e a República"
  • Resenha
  • Análise Praça da Republica Paris
  • ADPF 132 RJ RIO DE JANEIRO
  • Custo De Vida No Rio De Janeiro RJ
  • museu de arte moderna do rio de janeiro

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!