Análise Espacial da Pobreza Municipal No Estado de Minas Gerais

Páginas: 26 (6355 palavras) Publicado: 2 de novembro de 2014
ANALISE ESPACIAL DA POBREZA MUNICIPAL NO ESTADO DE
MINAS GERAIS - 1991 - 2000*
Julio A. Racchumi Romero♠

Palavra – chave: Pobreza, Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), Análises
espacial, I de Moram.

Resumo
O objetivo deste trabalho é elaborar uma análise espacial da pobreza municipal do estado de
Minas Gerais 1991 – 2000, utilizando como base o Índice de desenvolvimentoHumano
(IDHM) e suas dimensões IDHM-Renda, IDHM-Longevidade e IDHM-Educação. O trabalho
espera encontrar evidências da dependência espacial nas medidas de pobreza utilizada nos
municípios do estado, utilizando o estatístico I de Moram a nível global e local como
principal medida estatística. A metodologia aplicada neste trabalho permite achar cluster de
pobreza, como também detectar se existiualgum processo de difusão da pobreza municipal
entre 1991 e 2000. Os resultados encontrados apresentaram evidências significativas de
dependência espacial tanto a nível estadual como municipal, sugerindo que a localização
geográfica é importante como determinante da pobreza do estado. Ou seja, o município e seus
vizinhos correspondentes são determinantes fundamentais para explicar a pobreza.Encontraram-se clusters e processos de difusão em alguns municípios, tanto para o IDHM e
suas dimensões, embora, ressalta-se diferença com o IDH-Renda que mostra maior difusão de
municípios. Além disso, encontrou-se que a maioria dos municípios considerados como
pobres estão rodeados de municípios pobres e os municípios considerados como ricos estão
rodeados dos ricos. Os resultadosencontrados podem ser explicados pelos fatores externos e
naturais dotados por cada município.

*

Trabalho apresentado no XIV Encontro Nacional de Estudos Populacionais, ABEP, realizado em CaxambúMG – Brasil, de 18- 22 de Setembro de 2006

Aluno do doutorado de Demografia – CEDEPLAR\ UFMG

1

ANALISE ESPACIAL DA POBREZA MUNICIPAL NO ESTADO DE
MINAS GERAIS - 1991 - 2000*
Julio A. RacchumiRomero♠
1.- INTRODUÇÃO
Diferentes estudos têm mostrado que a heterogeneidade espacial proporciona efeitos
espaciais relacionados com a diferenciação espacial ou regional das unidades geográficas.
Este conceito vem sendo definido pela ausência de estabilidade no espaço do comportamento
humano ou de outras relações no estudo. Isto é, os modelos espaciais, as formas funcionais e
os parâmetrosvariarão com a localização geográfica e não são homogêneos para toda a
matriz de dados.
Este problema da heterogeneidade espacial tem sido discutido nos estudos sobre a economia
regional, onde desenvolveram uma série de ferramentas e métodos de análises espacial, que
permitem avaliar a existência de relações socioeconômicas entre os fatores intervenientes,
como também, a relação desses com sualocalização geográfica (Heninger e Snel 2002).
Assim o propósito principal tem sido estabelecer a existência ou não de dependência espacial
entre as áreas geográficas estudadas (Petrucci et al., 2003).
O problema da heterogeneidade espacial da pobreza é um dos aspectos que tem gerado
grande preocupação em vários países e regiões, especialmente entre os sub desenvolvidos e
os em via dedesenvolvimento. Anselin, (1988), ao falar de heterogeneidade da pobreza,
refere-se ao fato de que a população pobre encontra-se concentrada em algumas áreas
geográficas específicas. Neste sentido, muitas organizações a nível nacionais (IBGE, FGV,
FJP) e internacionais (United Nations Environment Programme (UNEP), Food and
Agriculture Organization of the United Nations (FAO) y Consultative Group onInternational
Agricultural Research (CGIAR)) têm promovido o uso de mapas de pobreza, os quais
constituem a representação espacial de um grande número de características econômicas,
sociais, culturais e ambientais de uma região ou um país, tanto ao nível de agregação
nacional, como regional e municipal.
O uso deste tipo de ferramenta tem acrescentado a visão clara e específica dos problemas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Dinâmica espacial da renda per capita das microrregiões do estado de minas gerais: uma análise de convergência
  • Análise da integração espacial dos preços da cesta básica de alimentos nos municípios do estado de minas gerais
  • UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS
  • ESTADO DE MINAS GERAIS
  • Análise e soluções referentes aos indicadores sociais de educação e cultura no Estado de Minas Gerais
  • ANÁLISE DA PRESTAÇÃO DE CONTAS DO GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS – EXERCÍCIO 2005
  • Ensaio fruticultura no estado de Minas Gerais
  • A Judicialização de Medicamentos no estado de minas gerais

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!