Análise de Crash - No Limite

Páginas: 3 (526 palavras) Publicado: 20 de agosto de 2015
Cortiço X Crash
"Em Los Angeles ninguém te toca. Estamos sempre atrás do metal e do vidro. Acho que sentimos tanta falta desse toque, que batemos uns nos outros só para sentir alguma coisa." (Frasede Crash). Crash, lançado em 2004, é um filme que retrata uma sociedade preconceituosa. Este, no entanto, não é a clássica fórmula Branco-Negro, mas uma realidade multicolorida e complexa: negros,brancos, muçulmanos, latinos, pobres, ricos.
Tudo começa a partir do roubo de um carro de uma mulher rica. A partir de então, uma série de incidentes faz habitantes de diversas origens étnicas e classessociais de Los Angeles se aproximarem: um veterano policial racista e seu jovem parceiro passivo em relação as suas atitudes; um detetive negro e seu irmão traficante de carros roubados; umbem-sucedido diretor de cinema negro que finge ser budista para não ter exposto sua origem afro-descendente; um imigrante persa que possui um pequeno comércio que vive sendo assaltado; um trabalhador latinoque luta para sustentar sua família. Todos estão na cidade como peões num intrigado tabuleiros de emoções que afloram conforme eles se encontram, ou melhor, se esbarram no acaso da vida do dia-a-dia.Nesses encontros, os personagens tomam consciência de quem realmente são e a maneira como conduzem suas vidas, muitas vezes patéticas.
O filme trata não só do preconceito com negros, mas do preconceitointerrracial, contra doentes, obesos e pobres. No final, o jovem policial julgado ser livre deste sentimento ruim é responsável pela cena mais chocante de todo o filme.
Podemos comparar algumas cenasdo filme, com momentos da Obra Literária “O Cortiço”. O contexto de que não existe nenhum personagem bom, é presente tanto na Obra literária quanto no Filme onde acreditamos que o jovem policial sejabom e que no final nos surpreende. Além disso, pode-se observar que o meio em que o policial se encontra transforma-o da mesma forma presente no personagem do livro ”Jerônimo”, que é “abrasileirado”...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise filme crash no limite
  • Análise do filme "crash no limite"
  • Análise do Filme "crash, no limite"
  • Análise ética do filme Crash
  • ANÁLISE CRITICA DO FILME CRASH NO LIMITE
  • Análise sociológica do filme Crash
  • Análise antropológica dos filmes Crash – no limite e Para Roma com amor
  • Análise antropológica sobre "crash no limite" e "a vila"

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!