ANÁLISE CRÍTICA DE UM ARTIGO CIENTÍFICO

Páginas: 5 (1147 palavras) Publicado: 9 de março de 2014
ANÁLISE CRÍTICA DE UM ARTIGO CIENTÍFICO
Foi-nos proposto como método de avaliação da disciplina de Epidemiologia II, a análise crítica de um artigo científico. O artigo escolhido “A Epidemiologia da doença de Alzheimer” foi retirado da revista Servir Volume nº47 – nº2, sendo a autora C. Berr, médica epidemiologista, encarregada de pesquisa epidemiológica em neurologia e psicopatologia, noHospital da Salpêtrière, Paris.
O artigo começa com uma frase bem elucidativa do contexto e âmbito do mesmo: “A análise das interacções entre os factores genéticos e ambientais fornece elementos para a pesquisa etiológica desta doença”. Isto é, a investigação realizada tendo em conta os factores genéticos e ambientais, e a interacção entre ambos, proporciona dados que permitem apontar caminhos naexplicação das causas desta doença.
Nesta observação, o autor começou por evidenciar que, é importante diagnosticar aquilo que é a demência relacionada com a doença propriamente dita, e as demências com origem em outras patologias, de modo a formar um quadro estatístico credível, pormenorizado, e que possibilite, assim, ver as possíveis incidências e correlações por grupos de análise, sejam eles degénero, geográfico, etário, social, económico, etc. No entanto, nesta altura da análise, não é possível concluir sobre a importância relativa entre factores genéticos e ambientais, isto é, qual o peso relativo que cada um dos factores terá na sua influência sobre a doença.
Quanto aos factores genéticos, o autor evidencia alguns factos:
1) Seguindo as leis de Mendel, é possível encontrar umatransmissão familiar. Estes casos, de manifestação precoce da doença, representam uma minoria, e estão geralmente associados a mutações dos cromossomas 1, 14 e 21;
2) A doença manifesta-se na sua forma habitual, esporádica, mas tardia, devido a um gene situado no cromossoma 19, a apolipoproteína. Os indivíduos portadores do alelo ε 4, possuem, neste caso, um risco ainda 4 vezes superior decontrair a doença. Se a presença desse alelo for dupla, esse risco aumenta ainda mais, manifestando-se, também, mais precocemente. No entanto, o autor enfatiza que o facto de os indivíduos possuírem estas características não é sinónimo de vir a contrair a doença e vice-versa;
3) O risco em indivíduos que têm familiares directos com a doença, é 3,5 vezes maior.
Quanto aos factores ambientais, o autorevidencia que:
1) Parece existir uma “relação negativa entre o nível de educação ou a categoria socioprofissional e o risco de doença de Alzheimer”, isto é, uma maior formação dos indivíduos, parece significar menor propensão para contrair a doença;
2) O risco parece aumentar em indivíduos que no passado tiveram traumatismo craniano com perda de conhecimento;
3) O consumo moderado de álcool e detabaco surgem como factores protectores, ou seja, parecem provocar uma diminuição do risco de vir a ter a doença. Não deixa de ser paradoxal que estes produtos que tanto contribuem para a mortalidade mundial, sejam, quando consumidos moderadamente, factores que diminuem o risco da doença de Alzheimer;
4) As mulheres que foram sujeitas a tratamento hormonal na menopausa, evidenciaram menorincidência na doença, significando que os estrogénios poderão ser benéficos, embora não seja conclusivo, já que estes resultados podem advir do modo de vida das mulheres tratadas;
5) A existência de diversos estudos que evidenciam que a toma de anti-inflamatórios diminuem o risco de contracção da doença;
Mais recentemente, têm surgido outros estudos a relacionar, ou pelo menos a perspectivar, outrosfactores de risco ou de maior propensão ao aparecimento da doença, como a obesidade, a concentração de lítio, a diabetes, etc, ou ainda factores que eventualmente previnem o seu aparecimento como por exemplo a cafeína.
É neste quadro, de evidências de co-responsabilidade, tanto dos factores genéticos como dos factores ambientais, que o autor do artigo sugere a análise da existência possível de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise critica de artigo cientifico
  • Análise Crítica de Artigo Cientifico
  • Analise critica do artigo cientifico
  • Análise crítica de composição de Artigos Científicos
  • Resenha critica de artigo cientifico
  • Resenha crítica de artigo científico
  • Recenssão critica de um artigo cientifico
  • Resenha Critica Do Artigo Cientifico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!