Análise crítica co terceiro setor

Páginas: 9 (2094 palavras) Publicado: 2 de junho de 2013
TERCEIRO SETOR



ANÁLISE CRÍTICA

Diante do que a realidade da atuação das OSs e OSCIPs tem evidenciado, inúmeras questões podem ser suscitadas para demonstrar que a atuação de tais entidades está sendo burlada e corrompida pelos seus administradores privados com auxílio, muitas vezes, dos gestores públicos, principalmente na transferência dos recursos públicos.
Dentre todasas críticas, tem-se que a assunção de atividades tipicamente estatais por entidades não governamentais gera a necessidade de uma atuação real e efetiva da sociedade no exercício de sua cidadania para, principalmente, fiscalizar o cumprimento dos objetivos pelo terceiro setor.
Ocorre que, para que esse direito seja efetivamente exercido, é necessário conferir possibilidades materiais departicipação ativa aos indivíduos, ou seja, há a necessidade dos indivíduos que além de obterem o direito de participar, o exerçam de forma real. Acontece, que na sociedade brasileira tal direito acaba por não ser exercido, pois fatalmente, não há uma consciência política, despreocupação esta que está arraigada na cultura da população.
Muitos defensores do terceiro setor vislumbramessa atuação como manifestação da democracia e exercício do direito à participação do cidadão nas questões administrativas. Deveras, a valiosa conquista democrática de aumentar os mecanismos de participação do cidadão nas questões estatais, citando a forma participativa dele como “colaborador‟, além de ter uma estrutura complexa, traz uma problemática em vista de como ela é executada, porque, naprática, o direito de participação tem gerado o favorecimento das classes altas e verdadeira exclusão da sociedade.
Considerações semelhantes são despontadas ao constatar que o direito de participação no âmbito da administração pública só assumirá sua função democrática se forem concretizadas reais e efetivas condições aos cidadãos para exercerem tal direito, tendo como premissa aconscientização da sociedade brasileira da importância desse direito.
Entretanto, em uma consideração pontual, a sociedade brasileira ressalta que “..a extensa massa de excluídos, em todos os sentidos, que, mais preocupados com a fome e o desemprego, estão totalmente alijados da condição de “participantes”.
Outro problema que merece ser destacado é a mudança ideológica trazida pela atuaçãodessas entidades sem fins lucrativos (OS e OSCIP), pois o discurso reformista propõe como medida de controle mais eficiente do Estado e das organizações que com ele firmem parceria, o controle popular.
Ocorre que, ao mesmo tempo, essa corrente preconiza o aumento do fomento para auxiliar essas entidades a realizarem suas atividades, fato que, em última análise, reduz a efetividade docontrole popular, na medida em que instaura uma parceria com os poucos setores organizados da sociedade civil.
Nesse sentido, resta evidente a incompatibilidade entre as duas premissas gerenciais acima expostas, quais sejam, a substituição do controle burocrático pelo popular e o fomento às entidades parceiras.
Enfim, aquelas organizações que pertenciam integralmente à sociedade civil,lutando por melhores condições sociais e delatando eventuais déficits do Estado passam agora a buscar de todas as formas se enquadrarem nos ditames necessários a conseguir o estabelecimento de uma parceria com o Estado.
Por fim, cabe considerar que o terceiro setor não assumirá sua função original em vista da cultura da corrupção que está eivada na consciência e vivência do povo brasileiro.Ressalta-se que não se trata somente da corrupção da esfera pública, dos governantes e representantes do povo que a todo instante é estampada na mídia e nos noticiários.
Mais importante nesse ponto é não fechar os olhos para a inserção quase que de forma natural da corrupção no espaço privado, existente entre a própria população. Vive-se, atualmente, quase que um retrocesso histórico,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Análise do Terceiro Setor
  • Terceiro Setor: análise do amor à humanidade
  • Analise Empresas terceiro setor projeto
  • Terceiro setor
  • Terceiro setor
  • TERCEIRO SETOR
  • Terceiro Setor
  • Terceiro setor

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!