Análise comparativa

Páginas: 5 (1193 palavras) Publicado: 12 de junho de 2011
-------------------------------------------------
Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
-------------------------------------------------
Teoria da Comunicação
-------------------------------------------------
2º Semestre
-------------------------------------------------

Análise Comparativa: Jornal Público e Diário de Notícias
(Edições de dias 2, 3 e 4 de Março de 2011)

Estaanálise incide sobre a secção que diz respeito às notícias internacionais dos dois jornais diários “Público” e “Diário de Notícias”. Ambos os jornais são generalistas, tratando assim de diversos temas, entre eles, a actualidade mundial. O nome da secção difere nos dois jornais: No Diário de Notícias (DN) é-lhe dado o nome de “DN GLOBO” e no jornal Público a mesma secção aparece com o nome de“Mundo”.
Sendo esta uma época de grande instabilidade política e de grandes alterações dos mapas político-sociais, a edição de dia 2 do DN centra-se mais nos acontecimentos relacionados com a problemática guerra da Líbia e, ligada a essa temática, apresenta uma estatística que indica que “Mais de 40% dos menores sem acesso à educação vivem em regiões palco de conflitos.”. No mesmo dia, o DN dá aindadestaque à lei da proibição de fumar nos parques e nas praias da cidade de Nova Iorque e ao benefício para os bares da mesma cidade, que passarão a abrir mais cedo. Outro dos destaques é o despedimento de Karl-Theodor zu Guttenberg, ministro alemão da defesa, apontado como sucessor de Angela Merkel, por ter plagiado “dois terços da tese de doutoramento.” Na edição do mesmo dia do jornal Público, estanotícia merece o primeiro lugar na secção internacional. Ao contrário do que acontece no DN, esta publicação não se foca tanto em seguir os acontecimentos na Líbia, dando assim lugar a notícias de conteúdo pontual, mais curtas, agrupadas em temáticas e local geográfico do acontecimento. Um exemplo claro disto são as notícias relacionadas com a ETA e com a preocupação do MPLA relativamente ao“protesto contra o regime angolano convocado pela Internet”, assim como as ambições do filho do líder da Guiné-Equatorial.
Na edição de quinta-feira, dia 3 de Março de 2011, a secção internacional do DN dedica duas páginas à questão da instabilidade na Líbia, como o sucedido na edição anterior, mostrando assim uma continuidade na informação prestada ao leitor acerca desta temática. No jornal Público,desta vez, acontece o mesmo e são dedicadas à mesma temática 3 páginas, mas com a diferença no conteúdo. Na primeira página, um mapa ilustrativo permite ao leitor ter uma melhor noção da localização dos acontecimentos noticiados relativamente aos conflitos na Líbia.
No mesmo dia, o DN noticia a morte de dois militares dos EUA num tiroteio em Frankfurt e utiliza um esquema com o título “Ataque nomaior aeroporto alemão” que tem como objectivo oferecer ao leitor uma forma visual simplificada para a compreensão da mesma notícia e, também, uma coluna com outros ataques do mesmo tipo, em tom de curiosidade. Por sua vez, o Público opta por publicar uma notícia mais breve e com menos destaque acerca do mesmo acontecimento. Na mesma página verifica-se, mais uma vez, a publicação de notíciasagrupadas pela localização geográfica dos acontecimentos, devido à notícia com o título “Republicanos e Obama conseguem evitar paralisação do governo… por agora”. Ainda na página 18 estão presentes duas notícias mais breves, uma sobre assuntos relacionados com política angolana e outra noticiando a substituição do ministro alemão que copiou a sua tese de doutoramento. Nos dois diários, a última páginada secção é constituída por notícias de cariz sociocultural: o DN anuncia o estudo do projecto de reconstrução dos budas em Bamiyan e da denúncia de racismo feita pelo ministro sul-africano Trevor Manuel. Já o Público dedica uma página ao anúncio do novo livro do Papa Bento XVI, nela incluindo alguns excertos da mesma obra.
Nas últimas edições analisadas, as do dia 5 de Março, é dada...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • analise comparativa
  • ANALISE COMPARATIVA
  • Análise comparativa
  • Analise comparativa
  • Analise COmparativa
  • Análise comparativa
  • Análise Comparativa
  • Analise comparativa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!