Análise comparativa entre durkheim, marx e weber

Páginas: 22 (5251 palavras) Publicado: 5 de abril de 2013
ÉMILE DÜRKHEIM

Émile Durkheim nasceu em 15 de abril de 1858 em Epinal, Departamento de Voges, Noroeste da França, entre Alsácia e Lorena, e faleceu em 1917. É considerado o pai da sociologia moderna.

Antes de Émile Durkheim (1858 - 1917) a sociologia ainda não era considerada uma ciência. Foi ele quem estabeleceu uma base empírica, com métodos próprios de investigação e demonstrando que seuobjeto de estudo, os fatos sociais, teriam características próprias, que os distinguiriam dos estudados pelas demais ciências.

A sociedade para Dürkheim

Durkheim acreditava que a sociedade precisaria ser estudada como uma unidade ou sistema organizado de relações permanentes e mais ou menos definido, com leis naturais de desenvolvimento que são baseadas na articulação de suas partes.

É por issoque para Durkheim a sociedade é semelhante a um corpo vivo, em que cada órgão cumpre uma função, ou seja, as partes (os fatos sociais) existe em função do todo (a sociedade).

Assim como num organismo vivo existe a possibilidade de se estar num estado normal ou patológico, também na sociedade existe esta possibilidade de acordo com Durkheim: o estado normal designa os fenômenos que ocorrem comregularidade na sociedade e o estado patológico comportamentos que representam doenças e devem ser isolados e tratados porque põem em risco a harmonia e o consenso, estando fora dos limites permitidos pela ordem social e pela moral vigente.

Para Durkheim, a sociedade moderna se encontra em um estado doentio, porque deixou de exercer o papel de freio moral sobre os indivíduos. Como Durkheim demonstrano prefácio à segunda edição de sua obra “Da divisão do trabalho social”: É a esse estado de anomia que devem ser atribuídos, como mostraremos, os conflitos incessantemente renascentes e as desordens de todo tipo de que o mundo econômico nos dá o triste espetáculo. Porque, como nada contém as forças em presença e não lhes atribui limites que sejam obrigados a respeitar elas tendem a se desenvolversem termos e acabem se entrechocando, para se reprimirem e se reduzirem mutuamente.(...) As paixões humanas só se detêm diante de uma força moral que elas respeitam. Se qualquer autoridade desse gênero inexiste, é a lei do mais forte que reina e latente ou agudo, o estado de guerra é necessariamente crônico. (DURKHEIM, VII: 2004)

Consciência coletiva e fatos sociais

De acordo com Durkheim: “asociedade não é simples soma de indivíduos, e sim sistema formado pela associação, que representa uma realidade específica com seus caracteres próprios. Sem dúvida, nada se pode produzir de coletivo se as consciências particulares não existirem; mas esta condição necessária não é suficiente. É preciso ainda que as consciências estejam associadas, combinadas, e combinadas de determinada maneira; édesta combinação que resulta a vida social e, por conseguinte, é esta combinação que a explica. Agregando-se, penetrando-se, fundindo-se, as almas individuais dão nascimento a um ser, psíquico se quisermos, mas que constitui individualidade psíquica de novo gênero”.

Esta “individualidade psíquica” resultante da combinação das consciências individuais corresponde, no pensamento durkheiminiano, à“consciência coletiva”, diferente das consciências individuais. A organização social, pois, para ele, somente é possível graças à consciência coletiva.

Durkheim, na sua tentativa de delimitar o campo de estudo da Sociologia, observa que a qualificação de “social” é aplicada de modo impreciso aos fenômenos humanos em geral. Como ele observa: “empregam-na correntemente para designar quase todos osfenômenos que se passam no interior da sociedade, por pouco que apresentem, além de certa generalidade, algum interesse social. Todavia, desse ponto de vista, não haveria por assim dizer nenhum acontecimento humano que não pudesse ser chamado de social. Cada indivíduo bebe, dorme, come, raciocina e a sociedade tem todo o interesse em que estas funções se exerçam de modo regular. Porém, se todos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise de Durkheim, weber, marx
  • Durkheim, marx e marx weber
  • Marx, weber e durkheim
  • Durkheim, Marx e Weber
  • Diferenças entre marx, durkheim e weber
  • Durkheim, Weber e Marx
  • Marx, Durkheim e Weber
  • marx weber durkheim

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!