Análise Comparativa - Apiário Doçura

Páginas: 11 (2564 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
INSTITUTO DE ARTES E DESIGN
BACHARELADO INTERDISCIPLINAR EM ARTES E DESIGN




Relatório Técnico Descritivo:
Apiário Doçura







Analise Comparativa de Rótulo
Bacharelado em Artes e Design






Juiz de Fora
11/2014


Sumário








1 – Introdução3

2- A Empresa 3

3- Legislação 44 – Análise comparativa

4.1 – Apiário Doçura 7
4.2 – Mel Precioso 84.3 – Mel Santa Bárbara 9
4.4 – Apiário Só Mel 10

4.5 – Apiário Néctar de Minas 11

5 – Conclusões 12

6 - Parâmetros de projeto 13

7 – Bibliografia 14

8 – Websites 15




1 – Introdução
Análise comparativa de rótulos de embalagens de mel deempresas do setor de apicultura na região de Juiz de Fora, realizado por alunos do Instituto de Artes e Design da UFJF.

2 – A empresa
O Sr. Manuel Gonçalves começou a criar abelhas em 1981, e ficou as criando até em 1987 no Espírito Santo, depois se mudou para Belmiro Braga. Após o falecimento do seu sócio, ele resolveu se mudar para Torreões. Hoje em dia ele vende o mel que produz para algunsmercados da cidade e artesanato na feira aos domingos.
Possui produção independente, e vende o mel nos seguintes espaços: Espaço Mascarenhas, Mercado Municipal, Mercado Mineirão no São Mateus, no Aloha Sucos no Santo Antonio e no alto dos Passos, no Shopping Independência e em sua própria casa também. Comercializa o mel também com outras empresas, que revendem este usando o nome de outras marcas.Atualmente conta com a ajuda do seu sócio, o Sr. José Albano. O mel é produzido em terreno alugado, eles então repassam 10% do lucro obtido com a venda do mel para os proprietários dos terrenos onde o produzem.
Desenvolveu sua própria logo, por motivos burocráticos, se encontra em uma posição difícil onde a regulamentação complicada e os pormenores econômicos atrapalham sua tentativa de oficializarseu trabalho. A quantidade de produção e comercialização insuficiente do mel não cobre o custo de desenvolvimento de sua logo por tratando-se de um empreendimento de pequeno porte, entretanto seu produto já ser conhecido pela identidade visual que apresente o encoraja a não mudar. Outro motivo, é não perder o caráter artesanal e deixá-lo com aspecto menos industrial possível, ao tentar melhorá-loencareceria a produção e comercialização do mesmo, junto com a associação dos produtores de mel que participa acabou desistindo de manter a idéia de regulamentação. Para o Sr. Manuel, a qualidade do mel em si é o que importa, tanto no gosto, quanto na textura. Visando às complicações que existem para implementação de uma empresa registrada – que não seja clandestina – essas falhas na logo na suavisão acabam sendo de certa forma até favoráveis.


3 – Legislação.
No site da Anvisa pode ser encontrada a seguinte informação específica para rotulagem de méis: “O rótulo deverá trazer a denominação "Mel" seguida da classificação. Deverá trazer ainda a classificação do mel segundo o seu uso. Ex: "Mel de mesa" ou "Mel industrial". Será optativa a declaração de sua qualificação de acordo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Analise Comparativa
  • analise comparativa
  • ANALISE COMPARATIVA
  • Análise comparativa
  • Analise comparativa
  • Analise COmparativa
  • Análise comparativa
  • Análise Comparativa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!