“AMOR À PROFISSÃO, DEDICAÇÃO E O RESTO SE APRENDE”1: SIGNIFICADOS DA DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO INFANTIL NA AMBIGÜIDADE ENTRE A VOCAÇÃO E A PROFISSIONALIZAÇÃO2

Páginas: 28 (6863 palavras) Publicado: 7 de agosto de 2013
“AMOR À PROFISSÃO, DEDICAÇÃO E O RESTO SE APRENDE”1: SIGNIFICADOS DA DOCÊNCIA EM EDUCAÇÃO INFANTIL NA AMBIGÜIDADE ENTRE A VOCAÇÃO E A PROFISSIONALIZAÇÃO2 ALVES, Nancy Nonato de Lima. –UFG – nnlalves@hotmail.com GT: Educação de Crianças de 0 a 6 anos / n.07 Agência Financiadora: Sem Financiamento
Trabalhar com crianças pequenas em creches e pré-escolas é uma atividade
historicamentedesempenhada por mulheres, mas nem sempre reconhecida como uma
profissão que requer formação específica, condições de trabalho e remuneração digna.
Aliás, a exigência de formação para o magistério é muito recente na história da educação
infantil brasileira. Tal exigência foi introduzida legalmente a partir da promulgação da
Constituição Federal de 1988 e da Lei de Diretrizes e Bases – LDB, Lei N.9.394 de 1996,
cujas determinações a respeito da educação infantil, definindo-a como primeira etapa da
educação básica, um direito das crianças e dever do Estado, representam avanços no plano
formal, ao mesmo tempo em que configuram novos desafios para o campo de atuação e de
formação dos educadores infantis.
Ademais, as reformas educacionais da década de 90 destacaram o desempenhoprofissional como um dos determinantes da qualidade do processo educativo, acarretando
pressões e exigências sobre a atuação docente em todos os níveis. Na educação infantil esse
processo se intensifica, devido à precariedade que caracterizou historicamente o
atendimento como ação emergencial e caritativa.
As discussões na área da educação infantil evidenciam a necessidade de aprofundarconhecimentos acerca do caráter pedagógico, das especificidades e objetivos do trabalho,
da formação e atuação dos profissionais. Em última instância, é preciso constituir
referenciais teórico-práticos para projetos e ações educativas que superem criticamente os
modelos familiar, hospitalar, educacional-assistencialista e educacional-escolar, o que
implica considerar a criança em suasespecificidades, necessidades, interesses e
expectativas, tratando-a como sujeito ativo, capaz de interagir com o mundo e com as
pessoas desde o seu nascimento, que se apropria da cultura e produz história.
1 As frases que intitulam o artigo e os itens no corpo do texto foram extraídas dos dados da pesquisa. 2 Pesquisa orientada pela Profa. Dra.Ivone G. Barbosa, da FE/UFG.
2
Por outro lado, a definição do perfil de professora de educação infantil e de sua
formação encontra-se ainda em processo de constituição, demandando pesquisas referentes,
por exemplo, aos conhecimentos, habilidades e recursos teóricos e práticos que são
necessários para uma atuação consistentemente fundamentada nas características e
necessidades decrescimento e desenvolvimento de crianças pequenas. Os projetos de
formação profissional, contudo, devem considerar não somente as especificidades e
desafios cotidianos da organização e realização do trabalho pedagógico, mas também o
próprio sujeito que realiza a prática educativa: o professor.
A área de pesquisa sobre a profissão docente, saberes docentes, histórias de
professores tem seampliado desde a década de 80, mas ainda são poucos os estudos
voltados para a professora e para o trabalho docente em creches e pré-escolas (Rocha,
1999; Cerisara, 2002). O profissional que atua na educação infantil sequer é conhecido de
modo abrangente nas estatísticas oficiais, dentre outras razões, pela marginalidade da
própria educação infantil, gerando uma grande lacuna nos próprioscensos escolares acerca
dos dados da creche, sendo menor em relação à pré-escola.
O que significa ser professora de crianças pequenas? Como se identifica uma
pedagoga que trabalha em instituições de educação infantil, em período integral? Que
significados atribui ao seu trabalho cotidiano? Neste artigo refletimos sobre tais questões,
relacionadas à temática da identidade profissional,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Docência: profissão ou vocação?
  • Estágio de docência na educação infantil
  • Docencia na educaçao infantil
  • 1 O significado socio historico da profissao
  • Estagio supervisionado docência na educação infantil
  • Relatório de estágio em docência em educação infantil
  • O SIGNIFICADO DA PALAVRA LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
  • PÔR AMOR E FORÇA: Rotinas na Educação Infantil

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!