Amebíase

Páginas: 17 (4214 palavras) Publicado: 3 de junho de 2013
1 INTRODUÇÃO
           As parasitoses intestinais ainda representam agravo importante à saúde humana, embora, nas últimas décadas, esteja ocorrendo melhoria nas condições de vida em muitas regiões e o advento de drogas antiparasitárias mais eficazes e seguras. Apesar de sua distribuição universal, as parasitoses intestinais adquirem maior importância sanitária nos países em desenvolvimento,onde as precárias condições de saneamento das áreas urbanizadas, o baixo nível socioeconômico, a falta de orientação sanitária e os altos níveis de analfabetismo as transformam em um grave problema de saúde pública.
As enteroparasitoses, cuja transmissão é veiculada por água e alimentos contaminados são também responsáveis por quadros de desnutrição, anemia carencial e diarreia, muitas vezesacompanhadas por evacuações mucossanguinolentas, principalmente em crianças. A amebíase é uma doença de ampla distribuição geográfica e elevada incidência na Amazônia brasileira, obrigando as autoridades sanitárias regionais a se manterem alertas.
A E. histolytica é o agente etiológico da amebíase, importante problema de saúde pública que leva ao óbito anualmente cerca de 100.000 pessoas,constituindo a segunda causa de mortes por parasitoses. No início do século XX, estimava-se que cerca de 12% da população mundial portavam o parasito em seu trato intestinal, mas destes, somente 10% apresentavam sintomas da doença. Este elevado número de assintomáticos fez Brumpt, em 1925, sugerir a existência de outra espécie de ameba, E. dispar, infectando os assintomáticos (NEVES, D. P. et al).Segundo o Comitê de Sistemática da Sociedade Internacional de Protozoologia, as amebas intestinais são: Sub-reino Protozoa, Philum Sarcomastigophora, Subphilum Sarcodina, Superclasse Rhizopoda, Classe Lobozia, Ordem Aemoebida, Família Entamoebida e Gêneros Entamoeba, Iodamoeba, Endolimax. O Gênero Dientamoeba, que antes pertencia à família Entamoebidae, hoje pertence à família Dientamoebidae.Dentre estes destacaremos o gênero Entamoeba, por se tratar do mais comum e possuir espécies patogênicas (NEVES, D. P. et al).
Neste trabalho procura-se dar ênfase às amebas de um modo geral, detalhando suas características principais, seus habitats, ciclo biológico, sintomas e, em especial, a patogenia que pode ser causada por determinadas espécies. É de grande valia ressaltar que o mesmo estardirecionado as amebas que de uma forma ou de outra podem parasitar o homem.

2 BREVE HISTÓRICO
Relatos em documentos datados a 3.000 anos antes de Cristo mostram casos de pacientes com sintomas clássicos de disenteria, provavelmente de origem amebiana. Somente no ano de 1875, o Dr. Fedor Lösch observou a presença de amebas nas fezes de um camponês do Distrito de Arcângela (Rússia) com diarreia,tenesmo e dor abdominal, e incriminou as amebas como o agente causador da doença. Alguns anos mais tarde (1886), o médico grego Stephanos Kartulis descreveu a ocorrência de amebas em amostras fecais de 150 pacientes com disenteria, e no ano seguinte (1887), em 20 casos de abscesso hepático. Estudos posteriores confirmaram o papel patológico das amebas, surgindo então as denominações “disenteriaamebiana” e, erroneamente, “abscesso hepático amebiano” para as diferentes formas clínicas da doença causada por este protozoário. Em 1903, Schaudinn denominou a espécie de E. histolytica, devido a grande capacidade do parasito em lisar tecidos (SILVA, 2005).
Várias teorias tentam explicar o comportamento patogênico de E. histolytica. A teoria unicista sugere a existência de uma única espécie,a E. histolytica, que produz cistos tetranucleados, não patogênica, porém podendo se tornar virulenta influenciada pela flora bacteriana intestinal ou outros fatores ambientais ainda desconhecidos. Esta hipótese foi proposta por Dobell em 1919, e apoiada por Mirelman et al. (1986) e Andrews et al. (1990). A teoria dualista, proposta por Brumpt (1925) definiu a existência de duas espécies, com...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • amebíase
  • amebíase
  • amebiase
  • Amebíase
  • AMEBIASE
  • Amebíase
  • Amebiase
  • Amebiase

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!