Amazônia Indígena Nos Séculos XVI e XVII

Páginas: 5 (1214 palavras) Publicado: 27 de março de 2014
INTRODUÇÃO

No intuito de enriquecer o conhecimento acerca dos povos amazônicos dos séculos passados, a presente pesquisa tem como objetivo demonstrar, de forma sucinta, através dos ensinamentos do autor Antonio Porro, as características de algumas províncias indígenas existentes na Amazônia em meados dos séculos XVI e XVII.
Serão abordados pontos como cultura, comportamento, organizaçãopolítica, localização geográfica, dentre outros aspectos relevantes.
Destacaremos especificamente: A Província de Aparia, a Província dos Omáguas ou Cambebas, a Província de Machifaro, a Província de Aisuari, a Província de Oníguayal ou Omágua, a Província de Yoriman, Solimõs ou Yurimágua, a Província de Paguana, a Província do “encontro das águas” à ilha de Tupinambarana, a Província dos Tapajós e aProvíncia dos Negros.
PROVÍNCIA DE APARIA
Também chamada Carari, estendia-se desde o rio Napo até a região de São Paulo de Olivença. Seu povoado principal, Aparia Grande, situava-se próximo a foz do Javari. Era composta por cerca de vinte povoados com até cinquenta casas grandes. O poder político se centraliza nas mãos do chefe do povoado principal. Nessa região e também naquela ocupada pelosAricana se encontravam, no séc. XVI, os Omágua. Contra a hipótese sobre essa descendência (Omágua/Aricana), só existe um argumento: a ausência de referências físicas do Omágua, que seria a deformação artificial do crânio.
PROVÍNCIA DOS OMÁGUAS OU CAMBEBAS
A província dos Omáguas começava mais abaixo da boca do rio Napo, a cerca de 120 quilômetros acima da foz do rio Javari, e se estendia até aboca do Mamoriá, medindo mais de 700 quilômetros de extensão.
As aldeias eram chefiadas por autoridades locais, enquanto a Província estava nas mãos de uma espécie de rei, um chefe divino.
Um dos principais costumes dos Omáguas era o achatamento da cabeça de seus membros, inclusive crianças.
PROVÍNCIA MACHIFARO
Essa Província situava-se na margem direita do rio Solimões, com uma extensãoterritorial de aproximadamente 200 quilômetros.
Em decorrência da grande quantidade de casas nessa Província, torna-se difícil determinar a quantidade de habitantes existentes, contudo, relatos apontam para uma densidade populacional bastante elevada.
PROVÍNCIA DE AISUARI
Seu território começava acima da boa do rio Tefé e se estendia até próximo ao rio Coari, e até o final do século XVII, expandiu-seterritorialmente por cerca de 120 quilômetros rumo ao oeste.
Relatos informam que cerca de vinte e oito léguas mais abaixo do rio Juruá, começava a populosa nação dos Curuziraris, que, seguindo sempre a mesma margem se estende por um espaço de oitenta léguas.
O seu comércio traduzia-se basicamente na comercialização de ouro e metais preciosos.
PROVÍNCIA DE ONÍGUAYAL
O território dos Oníguayalse estende desde um pouco acima da barra do rio Coari, até as proximidades da foz do rio Purus, ocupando uma extensão territorial de cerca de 250 quilômetros.
Segundo Carvajal, embora ribeirinha e navegante, essa Província matinha intensa atividade comercial com tribos de terra firme.
Posteriormente, os habitantes da Província de Oníguayal passaram a ser conhecidos por Yoriman, Juriman, Solimõesou Yurimágua.
PROVÍNCIA DE YORIMAN, SOLIMÕES E YURIMÁGUA
Tal Província estava localizada na margem direita do rio Amazonas (rio Solimões), possuindo uma área de 250 quilômetros. Sua povoação era tal que frei Cristóvão de Acuña relatou nunca ter visto tantos bárbaros juntos.
Os Solimões desenvolviam uma intensa atividade comercial tanto intertribal, quanto com outras etnias, negociandodiretamente com seus vizinhos indígenas a troca de manufaturas, e, indiretamente, com o homem branco, a troca de escravos, armas e ferramentas.
Essa tribo, os Solimões, aterrorizou a esquadra portuguesa em sua primeira entrada, haja vista, o poder de ataque desses índios.
PROVÍNCIA DE PAGUANA
A Província de Paguana localizava-se acima da boca do rio Purus e estendia-se até uns cem quilômetros acima...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Séculos uk (xv-xvi-xvii)
  • análise dos séculos XV\XVI E XVII na Europa.
  • AS MISSOES JESUITICAS NO SUL DO BRASIL NOS SECULOS XVI E XVII
  • TEXTO Bandeirantes E Espanhoeis No Guaira Nos Seculos XVI E XVII
  • A economia brasileira nos séculos xvi(16) e xvii(17)
  • montagem da economia colônia brasileira (séculos XVI e XVII)
  • Religiosidade colonial entre os séculos XVI – XVII Práticas Judaizantes na colônia
  • Resenha elliott, john h. “a espanha e a américa nos séculos xvi e xvii”elliott, john h. “a espanha e a américa nos séculos xvi e...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!