Alfabetização: o processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no brasil.

Páginas: 14 (3453 palavras) Publicado: 11 de outubro de 2012
Maria Carmélia Martins Guerreiro Régis


ALFABETIZAÇÃO: O processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no Brasil.

UNAMA
BELÉM-PARÁ
2009

Maria Carmélia Martins Guerreiro Régis

ALFABETIZAÇÃO: O processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no Brasil.



Projeto de pesquisa apresentadoà disciplina Bases Teóricas da Metodologia Científica do curso de Pós graduação em Psicopedagogia da Universidade da Amazônia orientado pela professora Ms. Ana Cristina França.



UNAMA
BELÉM-PARÁ
2009

Maria Carmélia Martins Guerreiro Régis


ALFABETIZAÇÃO: O processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no Brasil.AVALIADO POR:
________________________
Profª Ms. Ana Cristina França
DATA______/______/______



UNAMA
BELÉM-PARÁ
2009

.Tema: Alfabetização: O Processo de aquisição da leitura e da escrita e suas metodologias no Brasil.Identificação: Maria Carmélia Martins Guerreiro Régis, Licenciada plena em pedagogia, Professora da Escola Municipal João Carlos Batista, discente do curso de Pós graduação em psicopedagogia da Unama /Orientadora: Profª Ms. Ana Cristina frança.


Revisão de literatura / Referencial teórico.
Ao longo dos anos o ensino da leitura e escrita vem sofrendo inúmeras transformações, e apesar de todos osavanços teóricos e metodológicos, o trabalho realizado nas escolas, não tem sido suficientes para formar leitores e escritores autônomos. Tal afirmação é justificada quando Goulart (2000), diz que o trabalho realizado nas classes de alfabetização não tem sido suficientes para formar leitores autônomos, visto que as crianças aprendem a decodificar letras e codificar sons, sem que tenham compreensãodo sentido destas atividades.
Em nosso país, a história da alfabetização tem sua face mais visível na história dos métodos da alfabetização, em torno dos quais, especialmente desde o século XIX, vem-se gerando tensas disputas relacionadas com “antigas” e “novas” explicações para o mesmo problema: a dificuldade das crianças para ler e escrever. Explicado como problema decorrente, ora do método deensino, ora do aluno, ora do professor, ora do sistema escolar, ora de políticas públicas e ora de condições sociais. Desde esse período a alfabetização passou por uma profunda revisão de natureza teórica e metodológica, onde nesse momento, aguçaram-se as críticas às concepções tradicionais de Alfabetização, centradas na idéia de que a escrita era uma mera representação da linguagem oral, ou seja,a escrita era entendida não apenas como um código de representação da linguagem oral. Neste sentido, ler e escrever eram reduzidos a atividades de codificação e decodificação.
Nos tempos antigos, bem antigos, quem inventou a escrita inventou como ler e escrever porque a escritaé uma questão social, não é uma questão escondida: é uma questão aberta na sociedade. A alfabetização começou no momento em que o sistema da escrita foi inventado. Por isso, todo sistema de escrita tem uma chave de decifração. Tem regras de decodificação. O segredo da alfabetização está aí: é saber como se lê e escreve. (CAGLIARI, 2007, p. 53)
As classes de alfabetização sempre foram entendidas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ALFABETIZAÇÃO: A AQUISIÇÃO DA LEITURA E DA ESCRITA
  • A aquisição da escrita no processo inicial da alfabetização
  • Aquisição da escrita por crianças em processo de alfabetização
  • O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DA ESCRITA NO INÍCIO DA ALFABETIZAÇÃO
  • Gênese do processo de aquisição de leitura e escrita
  • As dificuldades na aquisicao da escrita no processo de alfabetizacao de jovens e adultos
  • Alfabetização – o processo de aquisição da língua escrita construído pela criança
  • O PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO, LEITURA E ESCRITA DAS CRIANÇAS DAS CAMADAS POPULARES.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!