ajisjaisja

2095 palavras 9 páginas
INTRODUÇÃO

O Liberalismo deriva do latim , liber ( livre ) , e está associada com a palavra “liberdade”
Essencialmente , é uma norma político-econômica baseada na defesa da liberdade individual , nos campos econômico , político , religioso e intelectual , contra as intervenções e atitudes do poder do Estado .
Seus principais conceitos incluem isonomia metodológica e jurídica ( igualdade diante da lei ) , liberdade de pensamento ( tolerância ideológica – religião – progresso material que favorece toda a sociedade ) , direitos vitais ( naturais : vida , propriedade e liberdade ) , estado de direito , governo limitado ( defesa dos governos constitucionais eleitos e representativos de “contrato social” ) , ordem espontânea , propriedade privada , e livre mercado .

DESENVOLVIMENTO

O Liberalismo começou a se fortalecer em meados do século XIX, após as décadas de 1830-1840, teve sua maior representação na França. Juntou-se mais tarde à ideia no Nacionalismo, onde foi usado como pilar da Unificação da Alemanha (1864-1870 - Otto Von Bismarck) e a Unificação da Itália (1848 - Mazzini e Garibaldi).

A história do liberalismo abrange a maior parte dos últimos quatro séculos, começando na Guerra Civil Inglesa e continua após o fim da Guerra Fria. O liberalismo começou como uma doutrina principal e esforço intelectual em resposta as guerras religiosas, segurando a Europa durante os séculos 16 e 17, embora o contexto histórico para a ascensão do liberalismo remonta à Idade Média. A primeira encarnação notável da agitação liberal veio com a Revolução Americana, e do liberalismo plenamente explodiu como um movimento global contra a velha ordem durante a Revolução Francesa, que marcou o ritmo para o futuro desenvolvimento da história humana. Liberais clássicos, que em geral destacaram a importância do livre mercado e as liberdades civis, dominaram a história liberal no século após a Revolução Francesa. O início da Primeira Guerra Mundial e a Grande Depressão, porém,

Relacionados