Agronegócio do café no mercado interno

Páginas: 8 (1901 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Maria Sylvia Macchione Saes
Economista, doutora em Economia
pela USP, professora da FEA/USP
e pesquisadora do PENSA.
E-mail: ssaes@usp.br

Douglas Nakazone
Economista, mestrando e
pesquisador da FIPE e do PENSA.
E-mail: dnakazone@terra.com.br

O AGRONEGÓCIO CAFÉ DO BRASIL
NO MERCADO INTERNACIONAL
MAIOR EXPORTADOR DE CAFÉ DO MUNDO, O BRASIL PRECISA QUALIFICAR
SUA PRODUÇÃO PARACONQUISTAR MERCADO DE CAFÉS ESPECIAIS

Desde meados da década de 1990, a produção mundial de café tem
apresentado aumentos significativos não acompanhados pela
respectiva elevação do consumo. Houve expressivo crescimento
do parque cafeeiro na maioria dos países produtores, com destaque
para Vietnã e Brasil. As cotações, por sua vez, iniciaram uma
prolongada queda, que culminou em 2001 quando opreço do café
arábico desvalorizou-se e ficou abaixo dos 50 cents a libra e o do
robusta, a menos de 400 dólares a tonelada. Desde então, houve
uma redução do parque cafeeiro e os preços se recuperaram um
pouco, mas ainda estão em patamares inferiores aos de seis anos
atrás. Na safra 2002/03, por exemplo, a produção alcançou o recorde
de 125 milhões de sacas, ao passo que a demanda foi de 109milhões de sacas. A safra 2004/05 deve ficar em torno de 112
milhões de sacas, segundo a Organização Internacional do Café OIC (USDA, 2004).
O Brasil é o maior produtor e exportador de café, com participação
média de 24% nas exportações mundiais. Em 2002, as exportações
brasileiras bateram o recorde de 27,9 milhões de sacas, o que
representou market-share de 32%, o maior dos últimos 12 anos.Mesmo com o crescimento significativo da quantidade exportada, o
café deixou de ser o principal produto da pauta brasileira de exportação
agrícola, ficando atrás do complexo soja, açúcar e carne de frango.
Em 2003, as exportações recuaram para 25,5 milhões de sacas.
4 0 revista FAE BUSINESS

número 9

setembro 2004

Apesar do crescimento da participação do Brasil no mercado de
café,não há como voltar à posição monopolista que o país detinha
no passado recente (gráfico 1).

Fontes: Bocha (1992), USDA

Este é o contexto no qual se pretende discutir a inserção brasileira
no agronegócio café, explorando os três segmentos – café verde,
solúvel, e torrado e moído.
GRÃO VERDE
Tomando como indicador de competitividade o grau de inserção
no mercado internacional, não hádúvidas de que o Brasil
conquistou um espaço significativo nos últimos dez anos, a
despeito do crescimento de novos países produtores.
A Colômbia, tradicional concorrente do café brasileiro, apresentou
queda de cerca 5 pontos percentuais de participação nos últimos
cinco anos com relação aos primeiros anos da década de 1990.
Em compensação, o Vietnã teve um aumento espetacular na
participaçãototal, tornando-se o segundo maior produtor de café.
O Brasil tem vantagens com relação aos outros produtores por
possuir um parque cafeeiro complexo e diverso, que produz uma
grande variedade de tipos de bebidas. Além disso, tem liderado o
processo de desenvolvimento tecnológico, com destaque para a
fertirrigação e mecanização.
O elemento tradicional de competitividade do café verde é o custode produção, que determina as vantagens comparativas de um
determinado país em relação aos demais.
Na produção do café arábica, o Brasil é o país que possui menor
custo, o qual, aliado à produtividade, tem garantido a manutenção
e o crescimento da participação no mercado internacional.
Além do custo de produção, uma outra variável que determina a
competitividade do café é a diferenciaçãopor qualidade. O Brasil
é tido como um fornecedor de quantidade, ao passo que Colômbia,
Guatemala, Costa Rica e Quênia, entre outros, são reconhecidos
pelos cafés mais valorizados e recebem um "prêmio" pela
qualidade.
Apesar de, atualmente, produzir uma grande variedade de café, o
Brasil deixou cristalizar uma imagem de grande produtor de um
único tipo de café ("Santos"). A Colômbia,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • mercado do cafe
  • Mercado do Agronegócio
  • mercado interno
  • Mercado interno
  • Gestão do agronegócio direcionado a commodity café
  • Estudo de mercado do cafe
  • Avaliação do mercado de cafés especiais
  • Agronegócio brasileiro e o mercado de hortaliças

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!