Agricolas

Páginas: 2 (262 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
ntrevistado no filme, o colombiano Miguel Altieri ressalta que a maior parte da produção agrícola de grandes empresas é para exportação. "A monocultura produz apenas30% dos alimentos que comemos. A agricultura camponesa é responsável por 70%. Precisamos dar mais atenção a ela."
Diferentemente do primeiro volume do "Veneno está namesa", nesta nova produção o cineasta aborda não apenas o impacto da agricultura convencional na vida dos brasileiros, mas vai além e mostra alternativas dentro daagricultura familiar que já estão em curso no território brasileiro, como o cultivo orgânico, a agroecologia e os sistemas agroflorestais.
No Rio de Janeiro, porexemplo, há um circuito de feiras - orgânicas, agroecológicas e da roça - onde as pessoas podem buscar alimentos mais saudáveis e produzidos de forma mais justa também paraos trabalhadores do campo, ampliando os meios de comercialização, aproximando produtor e consumidor e reduzindo os circuitos de distribuição dos alimentos.
Mas atransição no Brasil tem sido difícil. O que está em disputa são modelos econômicos bem distintos. Um caso que ilustra isso é o da Chapada do Apodi, no Rio Grande do Norte,onde, segundo dados do filme, 13 mil hectares foram desapropriados por decreto da presidente Dilma Rousseff em prol do agronegócio, em detrimento da produçãoagroecológica da qual sobrevivem milhares de famílias.
Pela forma como atua no território, em total desrespeito às populações, este modelo de desenvolvimento, cujos tentáculosaparecem não apenas na agricultura, está em xeque. O momento é o do conflito e não se pode deixar de tomar partido nesse caso. Comer também é um ato político.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • agricola
  • Agricola
  • agricola
  • agricola
  • Agricola
  • Agricola
  • Agricola
  • Contratos Agrícolas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!