Agravos respiratórios - infecções respiratórias

Páginas: 5 (1042 palavras) Publicado: 6 de dezembro de 2012
UNIPAC – UNIVERSIDADE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS, LETRAS E SAÚDE DE UBERLÂNDIA
Av: João Pessoa, nº 719 – Centro – Uberlândia/MG
Telefax: (34) 3214-1110

DISCIPLINA: Assistência Integral à Saúde da Criança e do Adolescente I
PROFESSOR: Maris Sueli de Souza

Agravos respiratórios -Infecções Respiratórias Agudas
(Resumo)


A criança com infecção respiratória aguda pode apresentar:
* Tosse
* Nariz escorrendo
* Dor de ouvido
* Dor de garganta
* Chiado no peito,
* Dificuldade para respirar
* Febre ou temperatura muito baixa

* A criança perde o apetite, pode ficarmuito irritada e chorosa.
* Algumas ficam com os olhos vermelhos e lacrimejando.
* As crianças maiores reclamam de dor de cabeça e dores no corpo.

Sistema Respiratória
Fisiologicamente a função pulmonar pode ser dividida:
* Função Ventilatória: Compreende o deslocamento da massa de ar desde a
atmosfera até os bronquíolos terminais.
* FunçãoRespiratória ou as Trocas Gasosas: Implica na permuta O² e CO² entre o ar alveolar e o sangue capilar
* Esse processo de troca gasosa entre o sistema respiratório o sangue é denominado Hematose

Transporte de Oxigênio
O² é transportado no sangue sob duas formas:
* Dissolvido (3%)
* Combinado com a Hemoglobina (97%)

Transporte de C02
*Dissolvido ( 7% )
* Como Bicarbonato ( 70% )
* Ligado a Hemoglobina (23%)

Infecção Respiratória Aguda – IRA
As infecções respiratórias agudas são as infecções do aparelho respiratório que afetam o nariz, a garganta, os ouvidos, a laringe, os brônquios e os pulmões, causando inflamação, sinusite, bronquite, asma e pneumonia.

IRAS
* Virais e Bacterianas
* Elevadaprevalência
* Elevada taxa de mortalidade em países em desenvolvimento
(1/3 mortes em < 5 anos)

Fatores de Risco nas IRAS
Maternos:
* Educação Materna
* Desmame Precose
* Efetividade do pré natal - Sistema de Saúde
* Diagnóstico tardio
* Efetividade do tratamento
Ambientais
* Poluição
* Ambiental
* Doméstica
*Exposição à cigarro
* Sazonalidade
* Contato com paciente com IVAS

Crianças:
* Desnutrição
* Baixa idade
* Prematuridade e baixo peso ao nascer
* Calendário vacinal incompleto
* Doença prévias: Cardíacas, imunológicas, neurológicas, RGE, etc
* Pneumonias prévias

* Permanência em creches
* Condições sociais precárias

Etiologia das IRAS - Vírus XBactéria
* Etiologia Viral é mais frequente nos países desenvolvidos
* Etiologia Bacteriana é mais frequente nos países em desenvolvimento
A maioria dos quadros pneumônicos costuma ter o envolvimento de vírus, seja como agente etiológico ou facilitador da invasão bacteriana

Aspectos Clínicos - IRAS
Historia
* Inicio com IVAS
* Febre
* Tosse
* Dificuldades respiratórias* Dor torácica
* Dor abdominal
Antecedentes
* Pneumonias anteriores
* Sibilância
* Frequencia em creches
Exames Físicos
* Estado Geral
* Sinais de sepse
* FR
* Esforço respiratórios
* Ausculta pulmonar
* Sibilância: viral e pneumonia atípico

Sinais de Alerta de Gravidade - IRAS -
* Febre alta e prolongada
* Gemência
*Prostação
* Recusa alimentar
* Vômitos
* Esforço respiratório

Pneumonia
Inflamação do parênquima pulmonar, dificultando as trocas gasosas.

Fatores de Risco
* Idade < 6 anos
* Estado imunológico
* Situação econômica precária
* Poluição ambiental
* Pais fumantes
* Baixo peso
* Desmame

Pneumonia Bacteriana e Viral
* Não...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Infeccoes REspiratoria
  • Infecções do trato respiratório superior
  • infecções das vias respiratórias
  • Infecções respiratórias agudas
  • Agravos respiratorios na infancia
  • Fisiologia Respiratória A capacidade e os volumes respiratórios
  • Infecções hospitalares do trato respiratório nas unidades de tratamento intensivo
  • O enfermeiro frente às principais prevenções das infecções respiratórias na unidade de terapia intensiva

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!