Afrodescendentes

Páginas: 8 (1818 palavras) Publicado: 8 de maio de 2013
[pic]
















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 DESENVOLVIMENTO 4
3 CONCLUSÃO 8
4. REFERÊNCIAS........................................................................................................9Palmas-TO
2013
INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo descrever de forma critica alguns preceitos importantes quanto a questão: como a sociedade brasileira tem reagido a violência decorrente do ser humano aos indivíduos afrodescendentes no mundo contemporâneo. Sendo descrito em um primeiro momento alguns exemplos que nos fazem refletir sobre o trato dasociedade a questão exposta, far-se-á algumas considerações essenciais para que possamos apontar alguns pontos críticos de como , principalmente os negros na sociedade capitalista, ainda padecem com processos de exploração e exclusão social premeditada.
O trabalho se desenvolverá a partir da visão do então presidente do IPEA, professor Marcio Pochmann, retratado no artigo sobre a exclusão socialno Brasil e no mundo e do trabalho Educação e população afro descendente no Brasil: avanços, desafios e perspectivas de Pablo Gentili, Mary Garcia Castro, Miriam Abramovay e Shayana Bussono que de certa forma refletem a conjuntura atual que se encontro os negros e demais remanescentes da cultura afrodescendentes no Brasil.
Para o fim pode-se observar uma posição autentica no trabalhode quais proposições poderiam ser consideradas para amenizar tais processos excludentes e discriminatórios considerando os afrodescendentes como sujeitos ativos e importantes no processo de desenvolvimento social, cultural e econômico na localidade.

DESENVOLVIMENTO

O Brasil é o país com a segunda maior população negra do mundo, tendo um contingente de 97 milhões de negros ‐“pretos” e“pardos”, nas estatísticas oficiais ‐ auto declarados, e 91 milhões de “brancos”. Vários autores há muito frisam que os negros se destacam por posições mais negativas em diferentes indicadores de níveis e qualidade de vida. (TELLES, 2003; GUIMARÃES, 1999; ROMÃO, 2005, entre outros). Segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada‐ IPEA:[...] negros nascem com peso inferior a brancos, têm maiorprobabilidade de morrer antes de completar um ano de idade, têm menor probabilidade de frequentar uma creche e sofrem de taxas de repetência mais altas na escola, o que leva a abandonar os estudos com níveis educacionais inferiores aos dos brancos. Jovens negros morrem de forma violenta em maior número que jovens brancos e têm probabilidades menores de encontrar um emprego. Se encontrarem um emprego, recebemmenos da metade do salário recebido pelos brancos, o que leva a que se aposentem mais tarde e com valores inferiores, quando o fazem. Ao longo de toda a vida, sofrem com o pior atendimento no sistema de saúde e terminam por viver menos e em maior pobreza que brancos. (IPEA2007, p. 281 apud CICONELLO, 2008).
Neste contexto focalizamos a situação dos afro descendentes quanto a violência esegurança pois são temas que vêm mais capitalizando debates e denúncias de acadêmicos e movimentos sociais hoje, e a vitimização de jovens negros, sua representação entre os que matam e principalmente entre os que morrem, inclusive por ação do próprio sistema de segurança, viria sendo visibilizada, indignando muito, mas, já fazendo parte de um cenário brasileiro banalizado.
A violência atinge a todas asclasses sociais, gêneros e gerações. Perpassam diferenças geográficas, étnicas, políticas, e instala‐se em todas as localidades e situações, sendo experimentada de modo muito diferente pelas. Mas pode também ter contornos e singularidades não somente porque alguns tipos de violências são mais recorrentes a indivíduos de determinada inscrição identitária, mas porque são constitutivos de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Afrodescendentes
  • Afrodescendentes
  • Afrodescendentes
  • afrodescendente
  • Afrodescendente
  • Afrodescendente
  • Os afrodescendentes
  • Afrodescendente

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!