afrodescendentes

Páginas: 6 (1432 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
1Introdução
A afrodescendência é um tema polêmico pois existem muitos defensores da igualdade, dos direitos iguais em qualquer âmbito, escolar, sociedade e até no mercado de trabalho.Os afro-brasileiros têm organizado movimentos de resistência contra o preconceito racial e pela defesa dos seus direitos políticos e civis.
Desde então têm crescido asdenúncias de discriminação racial.No entanto,apesar das leis e das medidas de punição ao racismo,ele persiste na sociedade e abrange muitas vezes não só a cor da pessoa,mas também a condição social.No Brasil,mais da metade da população de baixa renda é afrodescendente.
Devido a forma de inserção desigual na estrutura de classes, no que se refere a renda, escolaridade eocupação, no mercado de trabalho ou até mesmo em outras sociedades, o negro é desfavorecido comparando ao homem branco.
Por meio dessas políticas pretende-se garantir a presença desses grupos em empresas,escolas,instituições públicas e universidades,com o objetivo de diminuir as desigualdades étinicas.

2 O AFRODESCENDENTE

O afrodescendenteé um ser humano originário da África ou que tenha linhagem do povo africano e que vive fora da África. É um povo, que no passado vivía numa escravidão , sendo forçados a executarem trabalhos onde exigiam muita força de trabalho, mas graças á Lei Áurea, foi abolido a escravatura.
Fazendo parte não só do passado,mas também do presente da sociedade brasileira,osindígenas que chegaram ao século XXI enfrentaram inúmeros ploblemas para manter seus recursos ambientais,sua cultura e seu modo de vida.
De acordo com a entidades indigenistas,existem atualmente no Brasil duzentos e quarenta e um povos indígenas,que falam cento e oitenta línguas diferentes.Esses povos vivem em constante disputa por terras com fazendeiros ,construtores deestradas,madeireiras,empresas mineradoras e grileiros.
Embora muito tenha feito para a preservação dessas etnias,ainda persistem indicadores sócias preocupantes.Os povos índigenas recebem,muitas vezes,menos cuidados de saúde que o restante da população.
Numa época onde se fala muito em globalização, direitos humanos, o homem precisa seconscientizar de suas atitudes e também ter amor ao próximo, independente de cor, raça ou credo religioso.
O homem independente da cor, necessita ter mais solidariedade, humanismo e deixar de lado o racismo e a culturalidade, levando em conta e sempre pregando a igualdade entre os povos e seu espaço conquistado.
Precisa acabar com adesigualdade social, pois muitas vezes um negro pode ter uma boa qualificação intelectual e qualidades diversas, mas como é um negro, a maioria das vezes são excluídos da sociedade devido a sua cor.
A falta de políticas capazes de assegurar direitos e oportunidades para os afro-brasileiros acabou por impedir uma multidão de ex-escravizados,sem qualificação para o trabalho aocupar postos menos valorizados e habitar áreas degragadas nas cidades ou no meio rural.
Desde da época colonial,a situação de exclusão e de preconceitos vivida pelos afro-brasileiro,pelos indígenas e pelos pardos funciona como uma barreira que impede a ascensão social e econômica.Podemos supor que esse é um dos motivos que levou grande número de pessoas a não seautodeclararem negras nos recenseamentos,mesmos apresentando características africanas.
Os negros são martirizados desde criança, começando pelos postos de saúde e creches, sendo que, se for negro, as chances de conseguir uma vaga para atendimento é bem minúscula frente ao cidadão de cor branca.
É por isso que o afrodescendente já...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Afrodescendentes
  • Afrodescendentes
  • Afrodescendentes
  • Afrodescendentes
  • afrodescendente
  • Afrodescendente
  • Afrodescendente
  • Os afrodescendentes

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!