Aferição de materiais volumétricos: calibração de pipetas

Páginas: 5 (1024 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2011
Aferição de materiais volumétricos: calibração de pipetas

Objetivos:
Determinar o volume real de pipetas graduadas e volumétricas de 10; 5; 2,mL, considerando a tolerância apresentada na Tabela 2.

Introdução:
A medida precisa de volume é tão importante em muitos métodos analíticos como é a medida de massa. A unidade do volume é o litro (L), definido como um decímetro cúbico. O mililitro(mL) é 1/1000L e é usado onde o litro representa uma unidade de volume inconvenientemente grande.
As medidas volumétricas devem tomar como referencia alguma temperatura padrão; este ponto de referencia é geralmente 20°C. A temperatura ambiente da maioria dos laboratórios fica suficientemente perto de 20 °C de modo que não há necessidade de se efetuar correções das medidas de volume. No entanto, ocoeficiente de extensão para líquidos orgânicos pode requerer correções para diferenças de temperatura de 1°C ou até menos.
Medidas confiáveis de volumes são realizadas com uma pipeta, uma bureta ou um balão volumétrico.
As pipetas permitem a transferência de volumes exatamente conhecidos de um recipiente para outro.
As pipetas volumétricas e graduadas são preenchidas ate a marca de calibraçãopela abertura inferior; a maneira pela qual a transferência se completa depende do seu tipo especifico.

Materiais:
• Pipetas graduadas de 10; 5; 2,mL
• Pipetas volumétricas de 10; 5; 2,mL
• Termômetro
• Balança analítica
• Erlenmeyer de 50mL
• Frasco com água destilada
• Papel absorvente
• Pipetador de borracha (pêra).
Procedimento:
1- Verificar e anotar a temperatura da águadestilada e da temperatura ambiente.
2- Pesar com o auxilio de um papel absorvente um Erlenmeyer de 50mL previamente limpo, seco e tarado em balança analítica (anote a massa na tabela de resultados)
3- Pipetar com o auxilio da pipeta volumétrica disponível o volume desejado. Acerte o menisco e transfira a porção de água para o Erlenmeyer.
4- Pesar o conjunto (Erlenmeyer + água ). Anote nas tabela deresultados.
5- Repita os procedimentos 2 ao 4, com uma pipeta graduada de mesma capacidade volumétrica.
6- Faça os cálculos.

Observação:
Podemos notar que não houve uma exatidão entre a temperatura da água e a temperatura ambiente, tendo uma mínima diferença de 0,3°C. E também observou-se em relação ao volume das pipetas uma diferença pequena, quanto ao seu volume verdadeiro. Além de anotarcorretamente todos os pesos no caderno de laboratório e passar para a tabela para calcular os resultados.
Todos os materiais usados em específicos às vidrarias teriam uma atenção redobrada e um cuidado enorme para que ao final de cada etapa verificava-se se os mesmo estavam limpos para as próximas etapas.
Notou-se a importância de usar a pêra (Pipetador de borracha) para sugar o liquido para ointerior da pipeta. Dispensando o uso da boca, pois, podemos ingerir acidentalmente o líquido.

Conclusão:

Na atividade experimental, aferição de materiais volumétricos: calibração de pipetas nos mostrou os valores reais de cada pipeta, os demais não coincidiram com os valores. Logos nos mostra o importância da calibração, pois sabemos que as pipetas nos permitem a transferência de volumesexatamente conhecidos de um recipiente para outro.
A importância da prática no decorrer de nossa carreia como profissionais nessa área nos mostra o quanto é importante o manuseio certo das pipetas e também dos demais materiais do laboratório.

Referências:

BACCAN, N.; ANDRADE, J. C. ; GODINHO, O. E. S.; BARONE, J. S. Química Analítica Quantitativa Elementar, 2ª edição. Campinas: Editora daUNICAMP, 1995.

SKOOG, D. A.; WEST, D. M.; HOLLER, F. J.; CROUCH, S. R. Fundamentos de Química Analítica. Tradução Marco Tadeu Grassi. Revisão Técnica Célio Pasquini. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2006.

ANEXOS

1- Experiência
Resultados da calibração das pipetas volumétricas

Grupo Capacidade da pipeta (mL) Massa do Erlenmeyer (g) Massa do Erlenmeyer + água (g) Massa da água...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Relatório Afericao de Materiais Volumetricos
  • aferição de material volumetrico
  • AFERIÇÃO DE MATERIAIS VOLUMÉTRICOS
  • Aferição de materiais volumétricos
  • Aferição de materiais volumétricos
  • Calibração de materiais volumétricos
  • Calibração de material volumétrico
  • Experimento: Calibração de material volumétrico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!