Advogada

Páginas: 43 (10610 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013
A QUESTÃO ÉTICA NO RELACIONAMENTO AFETIVO ENTRE PROFESSORES E ALUNOS UNIVERSITÁRIOS


Juliana Alves Campos Resende
Professor(a) Orientador(a): Prof. Ms.Eduardo Boonen
Faculdade Pitágoras
Polo Uberlândia
Docência do Ensino Superior


RESUMO

O objeto do presente trabalho consiste em se discutir a questão ética na hipótese de relacionamento afetivo entre professor e aluno no ambienteuniversitário, abordando o caso do homicídio praticado pelo professor universitário Rendrik contra sua aluna Suênia, em razão do término do relacionamento afetivo havido entre eles. Aborda-se a ética segundo renomados filósofos e pensadores antigos e contemporâneos, e sua aplicação no âmbito da docência universitária. Discute-se, ainda, o fato de inexistir um código de ética para a profissãodocente, ao contrário de outras profissões regulamentadas, e a postura da instituição de ensino superior diante do envolvimento amoroso entre professor e aluno em suas dependências. Como resultado da pesquisa, conclui-se que o posicionamento dominante a respeito do assunto é de que a ética profissional deve prevalecer em prol do processo ensino-aprendizagem, na medida em que se evita que a avaliaçãodo discente-enamorado seja realizada sem a devida imparcialidade, afetando o relacionamento do docente com os demais alunos.

Palavras-Chave: Ensino superior; ética profissional; relação professor-aluno; postura institucional; ensino-aprendizagem.

1. INTRODUÇÃO

Surgiu na mídia, recentemente, a notícia do professor universitário Rendrik Vieira Rodrigues que matou Suênia Sousa Faria, alunacom quem manteve relacionamento afetivo, por não aceitar o fim do namoro.
O relacionamento entre alunos e professores sempre foi um tabu e continua sendo visto com reservas, constituindo, ainda, tema delicado tanto para os enamorados como para a instituição de ensino, o corpo docente e os demais alunos que dividem o mesmo espaço de ensino.
No contexto de uma instituição universitária, trata-sede uma relação complexa, uma vez que não envolve apenas o gênero homem/mulher, mas também afeta a hierarquia entre professor e aluno, na medida em que a conduta do professor é colocada em discussão e os próprios alunos tendem a rejeitar o relacionamento do mestre com o colega.
Em razão dos reflexos que tal relacionamento possa ocasionar, a instituição de ensino chega a adotar em seu código decondutas interno a proibição de o docente se relacionar afetivamente com o aluno, sob pena de demissão, evitando, assim, ser responsabilizada por um relacionamento que se iniciou em suas dependências.
Do ponto de vista ético, discute-se se cabe ao docente tomar o distanciamento necessário para interpretar esses sentimentos e reverter a situação, lembrando-se do seu papel principal de educador,tomando-se a moral não apenas como um corpo de regras e de normas, mas também como a consciência dos valores envolvidos e da responsabilidade pessoal diante do outro.
A pesquisa procurará responder o problema a partir do questionamento da ética profissional do(a) docente universitário(a) que se relaciona afetivamente com o(a) aluno(a), e, em torno deste, questionam-se os reflexos causados nacomunidade acadêmica pelo relacionamento afetivo entre professor(a) universitário(a) e aluno(a) e a postura a ser adotada pela instituição universitária diante desse relacionamento afetivo.

2. OBJETIVOS

Objetivo Geral

Averiguar se caracteriza falta de ética profissional no caso em que o docente universitário venha a ter um relacionamento afetivo com o discente.

Objetivos EspecíficosAnalisar a postura da comunidade acadêmica e da própria instituição de ensino diante do relacionamento afetivo entre docente universitário e discente.
Analisar os reflexos do relacionamento afetivo entre docente e discente no âmbito da sala de aula.
Abordar a ausência de um código de ética para a classe docente.

3. JUSTIFICATIVA

A eleição do tema justifica-se pelo interesse pessoal da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Advogada
  • Advogada
  • Advogada
  • ADVOGADA
  • advogada
  • Advogada
  • advogada
  • ADVOGADA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!