Adoção por homoafetivos

Páginas: 5 (1200 palavras) Publicado: 8 de novembro de 2012
RESENHA
“A CABEÇA BEM FEITA”
REPENSAR A REFORMA, REFORMAR O PENSAMENTO
(Edgar Morin)









CHARLANE MARIA ALMEIDA DE SOUSA












PIRIPIRI/2012
RESENHA

MORIN, Edgar. A cabeça bem feita: repensar a reforma, reformar o pensamento; tradução Eloá Jacobina, 3 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001. 128 p.



Charlane Maria Almeida DESOUSA





Edgar Morin (o Autor) nasceu em 1921 em Paris. Seu nome verdadeiro é Edgar Nahoum. Fez os estudos universitários de História, Geografia e Direito na Sorbonne, teve papel ativo no movimento de resistência à ocupação nazista durante a Segunda Guerra Mundial.  Na opinião de Edgar Morin, cabe aos professores do Ensino Fundamental começar a derrubar as barreiras entre osconhecimentos, por duas razões principais: eles têm a experiência generalista (pelo menos os que trabalham nas séries iniciais) e lidam com as crianças mais novas, que guardam uma curiosidade e um modo de pensar ainda não influenciados pela separação dos conteúdos em disciplinas.  Sendo assim, na presente obra o autor demonstra a necessidade de uma reforma no pensar, que, consequentemente, modificará o ensino,esse movimento de reformar o pensamento reflete sobre o mundo, alteram os horizontes do olhar sobre a terra, sobre a vida, a humanidade se modifica, as artes, as histórias traduzem novas alternativas, as gerações adolescentes dividem outras perspectivas, a cultura se desvirtua e acima de tudo, o conhecimento se traduz de forma mais significativa. Um grande desafio que conduz os indivíduos apensar e repensar em como levar isso a termo. Naturalmente que se esse objetivo fosse atingido, se fosse possível espalhar e difundir a todos os setores da educação, uma nova maneira de pensar, a reforma do pensamento, modificaria a sociedade. As portas se abririam para a construção de uma educação pluralista, democrática e que, com certeza garantiria uma nova visão para as futuras gerações. 
Noprimeiro capítulo do livro, intitulado “os desafios”, o autor afirma que há uma inadequação cada vez mais ampla, profunda e grave entre os saberes separados, fragmentados, compartimentados entre disciplinas, e por outro lado, realidades ou problemas cada vez mais polidisciplinares, transversais, multidimensionais, transnacionais, globais, planetário . Assim, o autor considera que o nossoconhecimento é fragmentado em áreas específicas, e, portanto não temos visão do todo. A este processo, denomina-se hiperespecialização, que impede de ver o global – que ela fragmenta em parcelas – bem como o essencial que – que ela dilui. Sabendo-se ainda que os problemas essenciais nunca sejam parceláveis, e que os problemas globais são cada vez mais essenciais, é que se faz necessário contextualizar oconhecimento obtido. O ensino por disciplinas separadas dificulta ao aluno a capacidade natural que o espírito tem de aprender “ o que é tecido junto”, isto é o complexo, e assim o impede de contextualizá-lo. Desta forma, o que o autor considera em seu capítulo I, é que o desafio da globalidade é também um desafio da complexidade. Logo segundo ele, a inteligência que só sabe separar fragmenta ocomplexo do mundo em pedaços separados, fracionam os problemas, unidimensionaliza o multidimensional. Atrofia as possibilidades de compreensão e de reflexão, eliminando a oportunidade de um julgamento corretivo ou de uma visão em longo prazo.
Destarte, o conhecimento referido por Morin é aquele que é capaz de situar qualquer informação em seu contexto, e se possível no contexto que estáinscrito. O conhecimento só é conhecimento enquanto organizado.
Continuando o autor explica o significado de uma “cabeça bem – feita” está associado não a uma cabeça onde o saber é simplesmente acumulado, e sim de uma aptidão geral, de inteligência, apta para colocar e tratar os problemas de maneira organizados e que permita estabelecer ligação entre os saberes e dando-lhes sentido. Assim, tendo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Adoção por homoafetivos
  • ADOÇÃO POR HOMOAFETIVOS
  • Adoção homoafetivo
  • Adoção por homoafetivos
  • Adoção por homoafetivo
  • Adoção por pares homoafetivos
  • ADOÇÃO POR CASAIS HOMOAFETIVOS
  • Adoção por pares homoafetivos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!