administraçao

Páginas: 8 (1784 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
ACORDO ORTOGRÁFICO

A ortografia da língua portuguesa é determinada por normas legais. No início do século XX Portugal estabeleceu pela primeira vez um modo ortográfico de eficiência para as publicações oficiais e para o ensino. No entanto as normas desse primeiro formulário ortográfico não foram adotadas pelo Brasil.Desde então, a ortografia da língua portuguesa foi alvo de um longo processode discussão e negociação, com o objetivo de internacional,norma comum que seja a ortografia oficial de todos os países de língua portuguesa.
O acordo ortográfico da língua portuguesa (1990) entrou em vigor no início de 2009 no Brasil e em maio de 2009 em Portugal.
Os códigos gráficos perseguem um objetivo que nunca será atingido: aproximar a língua escrita da língua falada. Escrever como sefala é impossível: basta lembrar a flutuação da pronúncia em qualquer país, fato que se acentuam um país extenso como o Brasil.

Segundo os lingüistas que preparam o acordo, Antonio Houaiss (Brasil) e João Malaca Casteleiro (Portugal), as mudanças são relativamente pequenas. No Brasil apenas 0,43% das palavras e em Portugal 1,42% passarão por mudanças.

A ortografia é um dos temas permanentes daGramática normativa. As línguas de grande circulação, sobretudo quando usadas em mais de uma região geográfica, precisam de um código ortográfico uniforme para facilitar a circulação dos textos. Sem esse código, torna-se mais difícil sua difusão pelo mundo. Os códigos gráficos perseguem um objetivo que nunca será atingido: aproximar a língua escrita da língua falada. Escrever como se fala éimpossível: basta lembrar a flutuação da pronúncia em qualquer país, fato que se acentua num país extenso como o Brasil. As grafias, por isso, representam uma sorte de abstratização da execução linguística, para que se assegure a intercompreensão.
1911
Durante o período do Português Arcaico, cada copista escrevia a mesma palavra como bem entendia. Aparentemente, isso naqueles tempos não era um grandeproblema, pois o analfabetismo era geral e o Português ainda não tinha se espalhado pelo mundo.A partir do séc. XVI passou-se a perseguir a “grafia perfeita”.Sucederam-se várias modificações, até que se decidiu regulamentar a matéria por meio de uma legislação própria.A grafia tornou-se, assim, a única manifestação linguística regulada por leis específicas.




GUIA INSTRUCIONAL SOBRE AS NOVASREGRAS ORTOGRÁFICAS 11
ENTRE O SÉC. XVI E O COMEÇO DO XX
Predominou uma escrita etimológica, ou seja, uma grafia que permitia facilmente descobrir o passado histórico da palavra. Assim, escrevia-se pharmacia em lugar da grafia atual farmácia porque a palavra deriva do grego phármakos, que significa veneno. Veneno? Pois é, veneno. Parece que a indústria farmacêutica promoveu uma melhorasemântica nessa palavra. Pela mesma razão, grafava-se theologia, chimica, etc. Era um tempo em que os cidadãos escolarizados sabiam gregos e latim, de forma que não estranhavam nem um pouco essas grafias. Nesse século, Duarte Nunes de Leão publicou em 1576 a sua Ortografia da Língua Portuguesa.
NO SÉC. XVII
Álvaro Ferreira de Vera publicou a Ortographia ou Arte para Escrever Certo na Língua Portuguesa(1633).
NO SÉC. XVIII
Luiz António Verney publicou O Verdadeiro Método de Estudar (1746), opondo-se à grafia etimológica. Com isso, o ph, ch, th e o y começaram a dançar.
1904
O assunto passou às mãos de um especialista. Gonçalves Viana, que era foneticista e lexicólogo, publicou a sua Ortografia Nacional, vindo a exercer uma grande influência nos anos seguintes. Seu trabalho trazia umaproposta de simplificação ortográfica, de que resultou a “expulsão” dos dígrafos th, ph, ch (este, quando soava como [k]), rh e y. As consoantes dobradas, como tt,ll, etc., também caíram fora, exceto rr e ss.
1907
A Academia Brasileira de Letras começou a simplificar a escrita nas suas publicações.
1910
Com a implantação da República em Portugal, foi nomeada uma Comissão para estabelecer uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!