Administração

Páginas: 31 (7624 palavras) Publicado: 22 de março de 2012
A TEORIA ECONÔMICA DE CELSO FURTADO: FORMAÇÃO ECONÔMICA DO BRASIL

Mauricio C. Coutinho*

Introdução
Por qualquer critério, Celso Furtado (1920-2004) deve ser considerado o mais influente e renomado economista brasileiro de sua geração. Suas atividades diversificadas incluem uma experiência no front italiano durante a Segunda Guerra, a parceria com o famoso economista argentino Raul Prebischnos estágios iniciais da Comissão Econômica para a América Latina (CEPAL-ONU), importantes atribuições no governo brasileiro no período anterior à ditadura militar e, após o exílio, uma larga carreira acadêmica em universidades européias e norte-americanas de renome.1 Embora na Europa e nos Estados Unidos o nome de Furtado esteja bastante associado às primeiras versões da “teoria dadependência”,2 ou ao estabelecimento de uma “teoria do subdesenvolvimento”,3 no Brazil seu legado inclui a elevada estatura moral, uma atividade prolífica como escritor e polemista e, entre os economistas, sua contribuição decisiva à difusão do pensamento econômico no país. Com relação a este último ponto, vale notar que um número expressivo de estudantes brasileiros decidiu-se pelos cursos de Economia nos anos1960 e 1970 como um resultado direto da leitura dos livros de Furtado. Formação Econômica do Brasil, um ensaio de interpretação da história econômica brasileira publicado em 1959, logo tornou-se uma espécie de leitura essencial, um item obrigatório na estante de todo cientista social, bem como o principal livro-texto na maior parte dos programas de História Econômica do Brasil. Formação Econômicatem o mérito adicional de haver proporcionado a muitos estudantes a primeira exposição a conceitos de economia. Este livro cumpriu na verdade dois papéis distintos. Em primeiro lugar, ao tornarse um trabalho de referência em história econômica brasileira, estimulou as pesquisas na área. Desde sua edição, um grande número de projetos de pesquisa em história econômica tem sido dedicado à comprovação(ou rejeição) das teses nele contidas. Por outro lado, e como mencionado, despertou em muitos leitores o interesse pela teoria econômica, provavelmente porque nele transborda a visão de Furtado sobre a ciência econômica – as técnicas científicas vistas como um instrumento essencial para a análise dos fenômenos sociais históricos. Dado o impacto dos trabalhos de Furtado sobre os estudos de históriaeconômica e de economia no Brasil, o presente trabalho está voltado à reconstrução da teoria econômica subjacente à esquematização histórica do autor, tal como apresentada na Formação Econômica do Brasil. Esta reconstrução será feita através da revisão da
UNICAMP Para uma biografia intelectual autorizada de Furtado, ver Mallorquin (2005). As contribuições de Furtado à economia do desenvolvimentosão assinaladas por Szmrécsanyi (2005). 2 Posteriormente posta em sua forma canônica por Cardoso e Falleto (1970). 3 Em sua mais debatida versão, Frank (1967). Para a visão de Furtado sobre o subdesenvolvimento, Furtado (1975).
1 *

1

formação de Celso Furtado como economista profissional, bem como de uma atenção ao modo como ele concebia a análise econômica (na seção 1); de uma breverevisão dos principais ciclos econômicos brasileiros, de acordo com o que ficou conhecido como a interpretação canônica de Furtado (na seção 2); da identificação dos mecanismos e instrumentos de análise econômica mais atuantes na obra (na seção 3). Finalmente, a conclusão (seção 4) sintetiza os principais pontos de seu enfoque ao mesmo tempo histórico e teórico da ciência econômica, procurandoestabelecer conexões entre eles.

1. A visão de teoria econômica de Furtado
Furtado foi um dos tantos estudantes de Direito de sua geração que teve a atenção atraída pelos problemas econômicos. No seu caso, o interesse em assuntos relacionados à organização conduziu-o ao estudo do planejamento, por sua vez um canal de acesso à ciência econômica. Em uma espécie de auto-retrato intelectual, traçado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração
  • Administração

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!