Administração Financeira

Páginas: 6 (1351 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Qual o valor em reais do benefício fiscal da dívida?
Se a empresa não tivesse dívida, pagaria R$ 17 M de impostos. Com dívida, a empresa tem prejuízo e não paga imposto algum. Assim, o benefício fiscal da dívida é de R$ 17 M. OBS: o benefício fiscal da dívida = alíquota de tributos diretos (no caso 34%) x despesa financeira, pois este seria o imposto que deixaria de se ser pago. Pq a diferença?Pq a empresa apresenta prejuízo. Assim, sobre R$ 10 M da dívida ela não tem o benefício fiscal. Isto mostra que o benefício fiscal só é relevante para empresas lucrativas.Não adianta aumentar muito a dívida de uma empresa pouco lucrativa, para obter redução do CMPC.
Qual o custo de capital de terceiros em termos de taxa anual (rD)?
A taxa de remuneração de capital de terceiros (equivalente aosjuros da dívida); j = (despesa financeira – juros sobre capital próprio) / D ; D = exigível CP + exigível LP = 0 + 400 = 400
Assumindo que a empresa não paga juros sobre capital próprio:
j = (60 – 0) / 400 = 15% a.a. ; No custo do capital de terceiros (rD) deve-se descontar o benefício fiscal da dívida: rD = (despesas financeiras – juros sobre capital próprio – benefício fiscal da dívida) / D ;rD = (60 – 0 – 17) / 400 = 10,75%
OBS: Repare que por a empresa ter o benefício fiscal reduzido por apresentar prejuízo, o custo efetivo de capital de terceiros não é como no livro: rD = j x (1 – t), onde t seria a alíquota de tributos diretos. Se a empresa fosse lucrativa e tivesse todo o benefício fiscal, poderíamos aplicar esta fórmula e teríamos: rD = 15% x (1 – 34%) = 10% a.a..
Para aempresa adicionar valor é preciso que Lucro Líq. – Custo de Capital Próprio > 0.
Logo, Lucro Líuido > Custo de Capital Próprio. Custo de Capital Próprio = rE x E
E = Patrimônio Líquido = Capital Social + Lucros Acumulados = 400 + 200 = 600
Lucro Líquido > Custo de Capital Próprio = 15% x 600 = R$ 90 M ; Lucro Líquido > R$ 90 M
Qual o custo médio ponderado de capital (CMPC) atual da empresa?
CMPC= wD x rD + wE x rE ; wD = D / (D + E); wE = E / (D + E) ; D = exigível CP + exigível LP = 0 + 400 = 400; Na falta de valor de mercado para a empresa: E = Patrimônio Líquido = Capital Social + Lucros Acumulados = 400 + 200 = 600 ; wD = 400 / (400 + 600) = 40%; wE = 600 / (400 + 600) = 60% ; CMPC = 40% x 10,75% + 60% x 15% = 13,3%
Considerando que a empresa fosse lucrativa, qual seria seu CMPC?Como visto acima, se a empresa fosse lucrativa:
rD = j x (1 – t) = 15% x (1 – 34%) = 10% a.a. ; Então teríamos: CMPC = wD x rD + wE x rE
CMPC = 40% x 10% + 60% x 15% = 13% ; Ou seja, se a empresa fosse lucrativa, poderia se aproveitar integralmente do benefício fiscal da dívida e teria um custo médio ponderado de capital (CMPC) menor.
Digamos que foi feita uma oferta para adquirir 100% daempresa G, no valor de R$ 800
milhões. Isto de alguma forma afeta o CMPC da empresa? Como?
Neste caso teríamos um valor de mercado para o capital próprio (a parte dos sócios). Então teríamos E = 800. Logo: wD = D / (D + E); wE = E / (D + E) ; wD = 400 / (400 + 800) = 33%; wE = 800 / (400 + 800) = 67% ; Aumentaria a participação do capital próprio (E) na empresa, aumentando o CMPC (uma vez a que ocusto de CP, rE, é maior que o CT, rD)
Se a dívida fosse menor, o custo de capital próprio (rE) deveria ser, teoricamente, maior
ou menor? Por quê?
Deve ser menor. Vamos assumir que esta empresa seja como praticamente todas as empresas, com lucro diminuindo em períodos em que a economia vai mal. Então, o custo de capital próprio
(rE) deveria ser, teoricamente, menor. Pois a alavancagemfinanceira aumenta o risco não diversificável da empresa. Se diminuímos a alavancagem, diminuímos o risco e, portanto, teoricamente, pode-se diminuir o retorno sobre o capital próprio.
AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTO
VF = VP x (1+j) => PAY BACK: VP0 = invest. Inicial ; S1= vp0+ valor vida útil 1 ano ou mês/(1+j)¹; S2 = s1+ valor da vida útil do 2º ano/(1+j)², CONSIDERA-SE O QUE TIVER MENOR PERIODO DE...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Administração financeira
  • administração financeira
  • administração financeira
  • Administração financeira
  • Administração financeira
  • Administração financeira
  • Administração financeira
  • Administração financeira

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!