Administração científica e a escola clássica

Páginas: 5 (1043 palavras) Publicado: 27 de novembro de 2012
Sempre que nos propomos analisar criticamente a obra de um autor é importante considerar o momento histórico em que a mesma foi elaborada e os condicionantes estruturais e conjunturais da época. Não é incomum haver críticas contundentes a determinados pensadores absolutamente desfocadas da realidade nas quais os trabalhos foram elaborados e à luz de uma outra realidade. Este é um processosimplista e reducionista e invariavelmente demonstra uma pobreza espiritual, e, sobretudo intelectual, deste tipo de crítico contumaz.
Evidentemente que estas observações não são válidas quando partem de um debate sobre as bases ou sobre os postulados que alicerçam determinadas teorias ou posições ideológicas e que são absolutamente necessárias ao progresso das diversas áreas e que fazem parte doprocesso de construção do conhecimento.
Feita esta ressalva vamos discutir em poucas linhas, o que é bastante difícil para sermos generosos, a principal obra do principal expoente da chamada Administração Científica: Princípios de Administração Científica de Frederick Wislow Taylor (1854-1915) e a obra mais significativa do fundador da Escola Clássica: Administração Industrial e Geral de Henri Fayol(1841-1925).
A grande contribuição de Taylor à teoria da administração data do início do século XX e sua principal obra, Princípios de Administração Científica, foi publicada em 1911.
Cabe ressaltar que este foi um período marcado por uma intensa competição internacional decorrente fundamentalmente de um processo de abertura comercial, ampliação dos mercados e de significativos avanços no campotecnológico. Este movimento resultou em um importante processo de fusões e incorporações de organizações sem precedentes até então na história. As organizações se agigantavam pois precisavam obter economias de escala para competir em diversos locais do mundo e internalizar, sobretudo em seus processos produtivos, o mix de inovações tecnológicas que crescia em velocidade espantosa.
De um outro lado,até este período, havia uma clara hegemonia internacional da Inglaterra no campo financeiro e em um grande número de setores vinculados a manufatura e a indústria, propriamente dita. E acredito que é exatamente neste contexto que o presidente Teodoro Roosevelt realiza o discurso da busca da eficiência e racionalidade na produção citado na introdução do livro de Taylor e endereçado aosgovernadores na Casa Branca.
Este é o contexto; as empresas americanas estavam sendo premidas pela concorrência internacional a buscar eficiência e produtividade, sobretudo nos processos de produção, devido às características e do tipo de produção predominante da época.
Taylor surge então como uma figura certa no momento adequado. Caso seguíssemos a perspectiva determinista dos fatos e acontecimentosdiríamos que não fosse Taylor alguém teria assumido a responsabilidade naquele momento histórico de rediscutir as bases da produção em série e elaborar uma nova teoria administrativa. Contudo, foi efetivamente a Taylor que coube realizar esta tarefa significativa para época e ele terminou por construir um corpo teórico denominado de administração científica da produção em substituição a administraçãobaseada principalmente no sistema de iniciativa e incentivo.
Ao longo de sua obra o autor demonstra com exemplos ilustrativos que mesmo a mais simples tarefa pode ser objeto de aplicação dos critérios científicos. Discorre sobre como aplicar estes princípios, as
ressalvas ao método (que requer tempo e preparação para aplicação na realidade da maioria das organizações da época) e os benefíciosobtidos para os capitalistas, trabalhadores e sociedade em geral (em virtude de uma maior produtividade, maior número de empregos gerados, melhor qualidade nos produtos, menor desperdício e menor preço aos consumidores) da adoção da administração científica nas organizações.
Por outro lado, neste mesmo período, final de século XIX e início de século XX, surge um também engenheiro - Henry Fayol -...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Crítica às Escolas Científicas e Clássicas da Administração
  • Resumo da escola clássica de administração e o movimento da administração científica
  • Escola Clássica de Administração e o Movimento da Administração Científica
  • Escola clássica de administração e o movimento da administração científica
  • A Escola Clássica de Administração e o Movimento da Administração Científica
  • Escola Clássica de Administração e o Movimento da Administração Científica
  • Resumo escola classica e cientifica
  • Teorias da administração classica e cientifica

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!