adeus ao trabalho

401 palavras 2 páginas
Terceira tese

As possibilidades de uma efetiva emancipação humana ainda podem encontrar concretude e viabilidade social a partir das revoltas e rebeliões que se originam centralmente no mundo do trabalho Vivendo numa sociedade que produz mercadorias, valores de troca, as revoltas do trabalho tem sentido. Todo o amplo leque de assalariados que compreendem o setor de serviços, os trabalhadores “terceirizados”, os trabalhadores do mercado informal, os trabalhadores domésticos, os desempregados, etc, podem e devem somar-se aos trabalhadores diretamente produtivos e por isso atuando enquanto classe se constituem de uma maior força anticapitalista. Em suma a luta da classe que vive do trabalho é central quando se trata de transformações que caminham contrários a lógica da acumulação de capital e do sistema produtor de mercadorias, assim como outras lutas sociais (feminista, negros, homossexuais) são como o mundo atual, tem mostrado em grande quantidade, de significado em busca de individualidade e de uma sociabilidade dotada de sentido.
A totalidade do trabalho cumpre papel central no processo de criação de valores de troca. Se acrescentarmos ao trabalho outros pólos de contradição decorrentes do próprio processo de produção do capital, como os enormes contingentes de desempregados existentes em escala global, encontraremos neste universo, dado pelo conjunto dos seres sociais que dependem da venda da sua força de trabalho, grande parte das possibilidades de ação para além do capital, por isso, não concordamos com as teses que combatem o desaparecimento das ações de classe, bem como a perda de sua potencialidade anticapitalista, assim, nossa revolução é no trabalho e do trabalho, no trabalho no sentido que deve abolir o trabalho abstrato e no trabalho concreto que gera coisas socialmente úteis, no trabalho social emancipado. Mas é também uma revolução do trabalho, uma vez que encontra indivíduos que são classe trabalhadora, o sujeito coletivo capaz de impulsionar

Relacionados

  • adeus ao trabalho
    991 palavras | 4 páginas
  • Adeus ao trabalho
    985 palavras | 4 páginas
  • Adeus ao Trabalho
    595 palavras | 3 páginas
  • Adeus ao trabalho
    2067 palavras | 9 páginas
  • Adeus ao trabalho
    632 palavras | 3 páginas
  • Adeus ao trabalho?
    872 palavras | 4 páginas
  • Adeus ao Trabalho
    988 palavras | 4 páginas
  • Adeus ao trabalho?
    401 palavras | 2 páginas
  • Adeus ao trabalho
    646 palavras | 3 páginas
  • Adeus ao trabalho?
    52572 palavras | 211 páginas