ADAM SMITH e Comercio Exterior

Páginas: 14 (3446 palavras) Publicado: 6 de março de 2014
Comércio Exterior
Adam Smith
*Adam Smith (1723–1790) – economista e filósofo escocês, considerado o pai da Economia Moderna e um dos mais importantes teóricos do liberalismo econômico. Autor de Uma investigação sobre a natureza e a causa da riqueza das nações, procurou demonstrar que a riqueza das nações resultava da atuação de indivíduos que, movidos apenas pelo seu próprio interesseegoísta, promoviam o crescimento econômico e a inovação tecnológica. Assim acreditava que a iniciativa privada deveria agir livremente, com pouca ou nenhuma intervenção governamental. A competição livre entre os diversos fornecedores levaria não só à queda do preço das mercadorias, mas também a constantes inovações tecnológicas, no afã de baratear o custo de produção e vencer os competidores.
Eleanalisou a divisão do trabalho como um fator evolucionário poderoso a propulsionar a economia. De acordo com Adam Smith o padrão de vida das pessoas depende da sua capacidade de produzir bens e serviços, portanto, o desenvolvimento econômico, e a expansão das atividades econômicas de um país são pontos fundamentais para entender como funciona a economia de um país. Na realidade, a ideia de que há ganhoscom o comércio foi introduzida na Economia de forma mais bem elaborada em 1776, por Adam Smith, com o seu livro Riqueza das nações. Os ganhos do comércio são oriundos, sobretudo, da divisão do trabalho, portanto, da especialização. O fundamento que fica é que a economia como um todo pode produzir mais e melhor quando cada pessoa se especializa em uma tarefa. Isto aumenta a produtividade* dosistema, aumentando, assim, a quantidade de bens e serviços à disposição das pessoas. Dessa forma, temos mais comércio, mais desenvolvimento dos lugares e das pessoas
As doutrinas de Adam Smith exerceram uma rápida e intensa influência na burguesia (comerciantes, industriais e financistas), pois queriam acabar com os direitos feudais e com o mercantilismo.
Em 1759, Smith publicou seu primeirotrabalho, A Teoria dos Sentimentos Morais (The Theory of Moral Sentiments no original). Apesar de A Riqueza das Nações ser considerada como a obra mais influente de Smith, acredita-se que o próprio Smith considerasse a Teoria dos Sentimentos Morais uma obra superior. Na obra, Smith examina criticamente o pensamento moral do seu tempo, e sugere que a consciência surge das relações sociais. Com a sua obrapretende explicar a origem da capacidade da humanidade em formar juízos morais, apesar da natural tendência dos homens aos auto interesses. Smith propõe uma teoria da simpatia, em que o ato de observar os outros torna as pessoas conscientes de si e da moralidade de seu comportamento.
Estudiosos têm tradicionalmente percebido um conflito entre a Teoria dos Sentimentos Morais e A Riqueza das Nações,a primeira enfatiza a simpatia pelos outros, enquanto a segunda foca no papel do auto interesse. Nos últimos anos, porém, a maioria dos estudiosos da obra de Smith têm argumentado que não existe contradição. Em A Teoria dos Sentimentos Morais, Smith postula que os indivíduos buscam a aprovação através do "observador imparcial" que é resultado de um desejo natural entre os indivíduos, maisrespectivamente ao agente da ação, acerca de se posicionar de um ponto de vista imparcial, para bem julgar, relações simpatizantes mútuas que se fazem nas relações sociais. As obras, portanto, enfatizam aspectos diferentes da natureza humana, que variam dependendo da situação. A riqueza das nações baseia-se em situações onde a moralidade do homem é susceptível de desempenhar um papel menor, como otrabalhador envolvido na elaboração do trabalho, enquanto que a Teoria dos Sentimentos Morais se centra em situações onde a moralidade do homem é susceptível de desempenhar um papel dominante entre as relações intercambiáveis das pessoas.
A Riqueza das Nações foi muito influente, uma vez que foi uma grande contribuição para o estudo da economia e para a tornar uma disciplina independente. Este livro...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A visão sobre comércio exterior de adam smith e ricardo
  • Adam smith
  • adam smith
  • Adam Smith
  • Adam Smith
  • Adam Smith
  • Adam Smith
  • Adam smith

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!