Aborto

Páginas: 25 (6061 palavras) Publicado: 27 de abril de 2013
O que é a Vida para a Biologia?


Em uma entrevista com a Doutora Anna Giuli, Bióloga Molecular e professora de Bioética na Faculdade de Medicina da Universidade Católica do Sagrado Coração (Roma) é discorrido o que entende por ser o início da vida humana e sobre a dignidade do embrião.

Ao ser perguntada sobre o que entende por início da vida humana individual, a doutoraconcorda com a teoria biológica de que a “origem de um organismo biológico coincide com o início de seu ciclo vital”. Entende-se que o início de um ciclo vital independente define o início de uma nova existência biológica individual. Ela diz ainda que é importante analisar, portanto, a possibilidade de identificar o evento “crítico” que marca o início de um novo ciclo vital humano.

Quando équestionada sobre o momento em que começa a vida a doutora é enfática ao dizer que “um novo indivíduo biológico humano, original em relação a todos os exemplares de sua espécie, inicia o seu ciclo vital no momento da penetração do espermatozoide no ovócito.” Ela diz que a fusão dos gametas masculino e feminino marca o primeiro passo geracional, isto é, a transição entre os gametas e o organismo humanonão formado. A fusão dos gametas representa um evento de descontinuidade porque marca a constituição de uma nova individualidade biológica, qualitativamente diferente dos gametas que a geraram. Segundo ela:


A entrada do espermatozoide no ovócito provoca uma série de acontecimentos, estimáveis do ponto de vista bioquímico, molecular e morfológico, que induzem a “ativação” de uma novacélula – o embrião unicelular – e estimulam a primeira cascata de sinais do desenvolvimento embrionário; entre as muitas atividades desta nova célula, as mais importantes são a organização e a ativação do novo genoma, que ocorre graças à atividade coordenada dos elementos moleculares de origem materna e paterna (fase pronuclear).

O novo genoma está, portanto, já ativo no estágiopronuclear assumindo de imediato o controle do desenvolvimento embrionário; já no estágio de uma só célula (zigoto) se começa a estabelecer como sucederá o desenvolvimento sucessivo do embrião, e a primeira divisão do zigoto influi no destino de cada uma das duas células que se formarão; uma célula dará origem à região da massa celular interna ou embrioblasto (de onde derivarão os tecidos do embrião) e aoutra ao trofoblasto (de onde derivarão os tecidos envolvidos na nutrição do embrião e do feto). A primeira divisão do zigoto influi, portanto, no destino de cada célula e, em definitivo, de todos os tecidos do corpo. Estas evidências declaram que não é possível dar espaço à ideia de que os embriões precoces sejam um “monte indiferenciado de células”.


Sendo assim, o embrião humanoprecoce é um sistema harmónico no qual todas as partes potencialmente independentes funcionam juntas para formar um único organismo.


Em conclusão, dos dados da biologia até hoje disponíveis evidencia-se que o zigoto ou embrião unicelular se constitui como uma nova individualidade biológica já na fusão dos dois gametas, momento de ruptura entre a existência dos gametas e a formação do novoindividuo humano. Desde a formação do zigoto se assiste a um constante e gradual desenvolvimento do novo organismo humano que evoluirá no espaço e no tempo seguindo uma orientação precisa sob o controle do novo genoma já activo no estágio pronuclear (fase precoce do embrião unicelular).


Ao ser perguntada do porque se diz que o embrião humano tem dignidade própria, a doutora cita oPreâmbulo da Declaração Universal dos Direitos do Homem de 1948, que diz que “o ser humano é o valor do qual se originam e para o qual se dirigem todos os direitos fundamentais” e ainda acrescente que “a pertença à espécie humana é o elemento suficiente para atribuir a cada um a sua dignidade.”


O embrião humano precoce é um indivíduo em acto com a identidade própria da espécie humana à...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ABORTO
  • Aborto
  • Aborto
  • Aborto
  • Aborto
  • Aborto
  • Aborto
  • Aborto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!