Abate Humanitário

Páginas: 11 (2624 palavras) Publicado: 26 de novembro de 2013

Introdução

Em algumas décadas passadas, o abate de animais de produção era tratado como uma atividade da pecuária de baixo nível científico e não era um tema pesquisado seriamente por universidades e institutos de pesquisa. A tecnologia do abate só passou a ser considerada de grande importância no processo de produção quando foi observado que o manejo pré-abate e o abate em si tinhamgrandes impactos na qualidade da carne.
Além disso, o Brasil como grande exportador mundial de carne começou a enfrentar as exigências dos países importadores que desejam um produto oriundo de animais que não passaram por “sofrimento” durante o abate. Nos países desenvolvidos há uma demanda crescente por processos denominados abates humanitários com objetivo de reduzir sofrimentos inúteis ao animal aser abatido. Os EUA, o Japão e o Canadá cobram dos exportadores uma ação humanitária.

Situação brasileira

Atualmente no Brasil já existem regras para o abate de animais que exigem que todos os animais classificados como de açougue, sejam abatidos de forma humanitária, devendo ser insensibilizados antes da sangria, abrindo exceções apenas para os abates religiosos. Assim, segundo a InstruçãoNormativa Nº 3, de 17 de Janeiro de 2000, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (BRASIL, 2000) o abate humanitário é definido como o conjunto de diretrizes técnicas e científicas que garantam o bem-estar dos animais desde a recepção até a operação de sangria.
De acordo com essa Normativa o abate humanitário engloba desde o manejo dos animais na fazenda até o manejo dentro dofrigorífico (desde a recepção dos animais até a sangria). Devendo se preocupar com todos esses segmentos para se garantir um bem-estar animal adequado no manejo pré-abate e abate.

Transporte

O transporte rodoviário é o meio mais comum de condução de animais de corte para o abate. No Brasil, a capacidade de carga média é de 5 animais na parte anterior e posterior e 10 animais na parteintermediária, totalizando 20 bovinos (ROÇA, 2002).
O transporte rodoviário, em condições desfavoráveis, pode provocar a morte dos animais ou conduzir a contusões, perda de peso e estresse dos animais (KNOWLES, 1999).
Teoricamente, do ponto de vista econômico, procura-se transportar os animais empregando alta densidade de carga, no entanto, este procedimento tem sido responsável pelo aumento das contusões eestresse dos animais, sendo inadmissível densidade superior a 550Kg/m². No Brasil, a densidade de carga utilizada é em média de 390 a 410Kg/m² (ROÇA, 2002).
As operações de embarque e desembarque dos animais, se bem conduzidas, não produzem reações estressantes importantes. Porém, a figura 1 demonstra lesões causadas pelo pisoteamento, causando além de estresse, depreciação da carcaça.
Asvocalizações ou mugidos são indicativos de dor nos bovinos. O número de vezes que o bovino vocaliza durante o manejo estressante tem relação com o nível de cortisol plasmático. A utilização do bastão elétrico para conduzir os animais é um dos motivos do alto índice de mugidos. A figura 2 mostra esse tipo de manejo.
A maior influência do transporte na qualidade da carne é a redução drástica doglicogênio muscular por atividade física ou estresse físico. Promovendo uma queda anormal do pH post-mortem, originando a carne D.F.D. (dark, firm, dry). Estas condições estressantes são causadas pelo transporte prolongado (KNOWLES, 1999).
O aumento do estresse durante o transporte é proporcionado pelas condições desfavoráveis como privação de alimento e água, alta umidade, alta velocidade do ar edensidade de carga. (SCHARAMA et al., 1996). As respostas fisiológicas ao estresse são traduzidas através da hipertermia e aumento da frequência respiratória e cardíaca. Com o estímulo da hipófise e adrenal, estão associados os aumentos dos níveis de cortisol, glicose e ácidos graxos livres no plasma.


Fig. 1. Lesões durante o embarque. Fonte: André Barbosa Pereira, 2008.


Fig. 2. Uso do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Abate humanitario
  • Abate Humanitário
  • Abate humanitário
  • Abate humanitário de bovinos
  • Abate Humanitário de Bovinos
  • Abate humanitario de bovinos e suinos
  • Aula abate humanitário
  • Abate

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!