a_matematica_na_europa_ate_renascimento

Páginas: 15 (3593 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2014
(professora Elisabete – eguerato@globo.com)

A Transformação da Europa de Civilização
Antiga em Civilização Medieval
Os gregos referem-se,
coletivamente, à

Grécia, à Itália, ao
Egito e ao Oriente
Médio como
“Oikoumene” (mundo

habitado civilizado);

O Oikoumene
 Em 525 a.C. os persas conquistaram o Egito o que fez com que

as sociedades agrícolas ocidentais antigas sefundissem

política, social e economicamente;
 A fusão nunca foi total: a cultura egípcia se manteve distinta

da grega assim como a romana da dos árabes e dos judeus;
 No milênio que se seguiu até a queda de Roma a unidade se

manifestou através de coisas como: redes comerciais
partilhadas, sistemas econômicos semelhantes, religiões
relacionadas e muitas vezes uma hegemonia política única. Civilização de Caráter Expansionista
 O Império Persa levou a cultura do Oriente Médio e do

Egito ao que hoje é o Irã;
 Os gregos colonizaram as costas de Chipre, da Líbia, da

Itália e da França no mar Mediterrâneo e as costas da
Turquia e da Rússia no mar Negro;
 Os romanos estenderam a civilização ocidental para o

resto da Itália e da França, noroeste da África, Espanha eInglaterra.

O Início do Império Romano
A história de Roma Antiga é fascinante em função da
cultura desenvolvida e dos avanços conseguidos por
esta civilização. De uma pequena cidade, tornou-se um

dos maiores impérios da antiguidade. Dos romanos,
herdamos uma série de características culturais. O
direito romano, até os dias de hoje está presente na
cultura ocidental, assim como o latim,que deu origem
a língua portuguesa, francesa, italiana e espanhola.

Origens de Roma e Monarquia Romana
(753 a.C a 509 a.C)
 Explicação Mitológica: Rômulo e Remo;

 Explicação Histórica: de acordo com os historiadores, a

fundação de Roma resulta da mistura de três povos que foram
habitar a região da península itálica: gregos, etruscos e
italiotas;
 Economia baseada na agricultura enas atividades pastoris;

 A sociedade era formada por patrícios (nobres proprietários

de terras) e plebeus (comerciantes, artesãos e pequenos
proprietários);

Origens de Roma e Monarquia Romana
(753 a.C a 509 a.C)
 O sistema político era a monarquia, já que a cidade era

governada por um rei de origem patrícia;
 A religião era politeísta, adotando deuses semelhantes

aos dosgregos, porém com nomes diferentes;
 Nas artes destacava-se a pintura de afrescos, murais

decorativos e esculturas com influências gregas.

Formação e Expansão do Império
Romano
 Após dominar toda a península itálica, os romanos partiram para as conquistas

de outros territórios. Com um exército bem preparado e muitos recursos,
venceram os cartagineses nas Guerras Púnicas (séc. IIIa.C). Esta vitória foi
muito importante, pois garantiu a supremacia romana no Mar Mediterrâneo.

Os romanos passaram a chamar o Mediterrâneo de Mare Nostrum.
 Após dominar Cartago, Roma ampliou suas conquistas, dominando a, Grécia, o

Egito, a Macedônia, a Gália, a Germânia, a Trácia, a Síria e a Palestina.
 Com as conquistas, a vida e a estrutura de Roma passaram por significativasmudanças. O império romano passou a ser muito mais comercial do que

agrário. Povos conquistados foram escravizados ou passaram a pagar impostos
para o império.

O Império Romano

Pão e Circo
Com o crescimento urbano vieram
também os problemas sociais para
Roma. A escravidão gerou muito
desemprego na zona rural, pois
muitos camponeses perderam seus
empregos. Esta massa de
desempregadosmigrou para as
cidades romanas em busca de
empregos e melhores condições de
vida.

Receoso de que pudesse acontecer alguma revolta de desempregados, o imperador
criou a política do Pão e Circo. Esta consistia em oferecer aos romanos alimentação
e diversão. Quase todos os dias ocorriam lutas de gladiadores nos estádios (o mais
famoso foi o Coliseu de Roma), onde eram distribuídos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!