AÇÃO DE RESSARCIMENTO DANOS MATERIAIS C/C DANOS MORAIS

Páginas: 11 (2503 palavras) Publicado: 20 de maio de 2014
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO ___ JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE PONTA GROSSA – ESTADO DO PARANÁ.













MARIA ANTONIETA, brasileira, unida estavelmente, autônoma, portadora da CI/RG nº XXX SSP-PR, e inscrita no CPF/MF sob o nº XXX, residente e domiciliada na Rua do Pedro, nº 60, Cotrasa, neste município de Ponta Grossa – Paraná, por seus procuradoresinfra-assinados, mandato incluso, todos com escritório profissional na Rua Mercado, nº 56, Centro, CEP xxx, neste município de Ponta Grossa – Paraná, onde recebem correspondências e intimações, vem, respeitosamente, perante Vossa Excelência, propor o presente.


AÇÃO DE RESSARCIMENTO DANOS MATERIAIS C/C DANOS MORAIS

Em face de:

IMÓVEIS DO ADÃO, Razão Social: Fulano de Tal & Cia Ltda.,pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ/MF sob o nº xxx, com escritório profissional na Rua corcel, n° 12, Centro, CEP: xx, no município de Ponta Grossa – Paraná, consoante às razões de fato e de direito que passa a expor:




1. DOS FATOS.

Primeiramente cumpre a autora informar que é proprietária do imóvel situado na Rua do Oceano , n° 900, bairro Vitória Régia, neste município.A autora firmou um contrato com a ré para a administração do referido imóvel sem o seu envolvimento direto no que tange a relação de locação do imóvel para terceiros.

Quando a autora firmou o contrato para a administração do imóvel a ré efetuou um relatório inicial de vistoria de imóvel, onde foi constatado que a casa se encontrava em bom estado, conforme se comprova pelo relatório devistoria em anexo.

O imóvel permaneceu sob a administração da ré no período de 2005 a novembro de 2013.

No mês de julho de 2013 o imóvel foi desocupado e a ré não efetuou qualquer comunicação à autora a respeito da desocupação.

No período compreendido entre o mês de abril a agosto de 2013 o imóvel permaneceu fechado e de acordo com a ré não se apresentavam interessados para alugar o imóvel.Considerando-se este lapso temporal a autora entendeu necessário fazer uma vistoria, quando constatou que o imóvel se encontrava em um estado de depredação e totalmente inapto a constituir uma nova relação locatícia.

Na vistoria realizada pela autora ela constatou vários problemas, sendo eles:

a) Garagem – piso e mureta com revestimentos de lajotas quebrados;

b) Cozinha – interruptor detomadas de acionamento de lâmpadas sem capa de segurança;

c) Sala – problemas no forro – meia cana quebrada;

d) Banheiro da suíte – sem a porta do guarda objetos e sem o espelho.

e) Dormitório – porta do dormitório sem caixão e parede em sua volta trincada;

f) Banheiro social – pia quebrada e revestimento das paredes demolidas;

g) Lavanderia – teto abaulado, fechadura interna daporta quebrada, vidros da porta quebrados e falta do alçapão;

h) Parte externa do imóvel – calçadas quebradas, telhas de amianto quebradas e muito entulho;

i) Pintura de todo o imóvel completamente danificado;

Já não bastassem todos esses problemas causados ao imóvel, a autora foi surpreendida ao saber que se encontrava inadimplente perante a companhia de abastecimento de água do período deabril até agosto de 2013, e que não poderia utilizar dos serviços até saldar a dívida.

A autora procurou esclarecimentos junto à ré quanto aos problemas apontados acima e quanto aos débitos pendentes de pagamento junto a empresa de fornecimento de água, e, foi informada que os débitos relacionados ao imóvel seriam de total responsabilidade da autora.

Com a desocupação cumpria a ré informarà autora a data em que o imóvel seria desocupado, e tomar as providências cabíveis tais como: a suspensão do fornecimento de luz e água, porém isso não ocorreu, gerando assim inúmeros transtornos para a autora.

A falta de comunicação da ré para a companhia de energia elétrica gerou débito para o mês de agosto, no valor de R$ 220,00 cujo o valor não foi pago pelo inquilino que ocupou o imóvel...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • AÇÃO DE RESSARCIMENTO C/C INDENIZATÓRIA POR DANOS MORAIS
  • AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS E DANOS MORAIS C/C DANOS ESTÉTICOS
  • AÇÃO DE INDENIZAÇÃO C/C DANOS MATERIAIS E MORAIS
  • AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS c/c DANOS MORAIS
  • Ação de reparação de danos materiais c/c danos morais
  • Ação de indenização de dano material c/c danos morais
  • Ação de reparação de danos materiais c/c dano moral
  • DANO MATERIAL C C DANO MORAL

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!