3 Relatório Física Experimental

Páginas: 8 (1860 palavras) Publicado: 21 de setembro de 2015
ASSOCIAÇÃO CULTURAL EDUCACIONAL DE ITAPEVA
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA










TRABALHO DE ELETRÔNICA E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
CIRCUITO ELÉTRICO EM SÉRIE







ANDERSON KAZUO FABRI INABA
MARCELO SINDEY MENDES COSTA
RAFAEL SADAO KONDO
RODOLFO NUNES BARROS

























Itapeva – São Paulo – Brasil
ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DEITAPEVA
FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA





TRABALHO DE ELETRÔNICA E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS
CIRCUITO ELÉTRICO EM SÉRIE







ANDERSON KAZUO FABRI INABA
MARCELO SINDEY MENDES COSTA
RAFAEL SADAO KONDO
RODOLFO NUNES BARROS








“Atividade bimestral apresentado ao Prof. Juliano como parte das atividades de Hidráulica do curso de Engenharia Civil”.













Novembro / 2015Itapeva – SP
Medidas de Correte e Diferença de Potencial

INABA, A. K. F.; Barros, R. N.; COSTA, M. S. M.; Kondo, R. S.
Eletrônica e Instalações Elétricas – Engenharia Civil
Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva
Prof. Fabricio Pimentel
e-mail: marcelosmcosta@ig.com.br

Resumo. À ligação de elementos elétricos chamamos de circuito elétrico, tais como resistores, capacitores, indutores,diodos, linhas de transmissão, fontes de tensão, fontes de corrente e interruptores, de modo que formem pelo menos um caminho fechado para a corrente elétrica. Qualquer circuito elétrico funcional é composto por uma fonte de tensão, podendo ser uma bateria, uma tomada, uma pilha, uma associação de várias pilhas ou qualquer outra fonte onde haja uma diferença de potencial elétrico.

Palavrasresistores: transmissão, corrente elétrica, tensão, pilhas.


Introdução
Segundo Bisquolo – 2006, o físico alemão Georg Simon Ohm (1787-1854), no início do século 19 descobriu duas leis que determinam a resistência elétrica dos condutores. Essas leis, em alguns casos, também valem para os semicondutores e os isolantes.
Conforme Bisquolo – 2006, a corrente elétrica consiste no movimento ordenado deelétrons é formada quando há uma diferença de potencial (ddp) em um fio condutor. E esse movimento no condutor fica sujeito a uma oposição que é conhecida como resistência elétrica.

Revisão Bibliográfica
Lei de Ohm
Sem dúvidas que a lei de Ohm é a lei mais importante sobre eletricidade, alguns profissionais podem até não concordar com meu ponto de vista, mas é inegável que é a fórmula mais aplicadanos cálculos elétricos. A importância de compreender essa lei e compreender sua utilização é enorme e é base para quase todos os outros estudos e aplicações da eletricidade.
A lei de ohm, descoberta e formulada por Georg Simon Ohm, relaciona as três grandezas elétricas principais e demonstra como elas estão intrinsecamente ligadas. Essa descoberta se deu por um experimento relativamente simplesfeito por Georg, por suas descobertas seu nome foi dado a essa lei da eletricidade.
Georg ligou uma fonte de tensão elétrica a um material, e percebeu que circulou uma corrente elétrica por esse circuito. Em seguida Georg variou essa tensão e percebeu uma corrente elétrica diferente. E desta forma para cada tensão aplicada uma corrente diferente era registrada em suas anotações.

Figura 1Experimento de Georg Simon Ohm
Estudando posteriormente as anotações Georg percebeu que as tensões e as corrente se relacionavam em uma razão constante. Para essa experiência sempre que Georg dividia uma tensão pela respectiva corrente elétrica encontrada ele sempre encontrava o mesmo número. Esse número constante foi chamado por Georg de resistência elétrica.
Resistência elétrica é uma oposição a passagemde corrente elétrica por um material.
Com bases nessas informações foi possível sintetizar uma fórmula matemática para a lei de Ohm, com esta fórmula usando as grandezas tensão elétrica, corrente elétrica e resistências elétrica, é possível que se ache uma das grandezas usando duas das outras grandezas.
Representando as grandezas elétricas temos:
V = Tensão elétrica,  unidade volt (V é a letra...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • RELATORIO DE FISICA EXPERIMENTAL 3
  • relatório 2 Física experimental 3
  • Modelo relatório fisica experimental 3
  • Relatório 7 Fisica Experimental 3
  • Relatorio 2 Fisica Experimental 3
  • Relatorio de fisica experimental
  • Relatorio de Aula Pratica Fisica Experimental 3
  • fisica experimental 3

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!