22405871899

Páginas: 7 (1501 palavras) Publicado: 14 de janeiro de 2014
Unidade 2
O que é um texto
Você deve está se perguntando o que é um texto, não é mesmo? O que
caracteriza um texto ou mesmo o que faz um texto ser um texto?

Texto, em sentido amplo, designa toda e qualquer manifestação da capacidade
textual do ser humano e em se tratando de linguagem verbal, temos o discurso, atividade comunicativa de um sujeito, numa situação de comunicação dada,englobando o conjunto de enunciados produzidos pelo locutor

Como se pode observar na citação acima, o texto consiste em qualquer passagem falada ou escrita que forma um todo significativo independente de sua extensão.A linguagem considerada como forma de inter(ação) entre os interlocutores, cuja função básica é persuadir e convencer e não apenas só comunicar os estudos da língua já não podemmais estar ancorados ,nos campos da estruturas não lingüísticas:da morfologia,da fonética da sintaxe frasal.
É necessário uma reatualização sobre a concepção de texto em contextos mais amplos, que levem em consideração pressupostos advindos de áreas como a Lingüística Textual, a Análise do Discurso dentre outras, para que se possa dar conta de explicar certos fenômenos lingüísticos queocorrem entre os enunciados e seqüências enunciativas.
Nessa perspectiva pode-se considerar texto uma frase, um fragmento
de um diálogo, um provérbio, um verso, uma estrofe, um poema, um romance
e também expressões situadas em contextos específicos como “Socorro!”,
“Silêncio!”, “Fogo!”, etc

A idéia de turno está ligada às várias situações em que os membros de um
grupo se alternamou se sucedem na consecução de um objetivo comum: jogo
de xadrez, corrida de revezamento, mesa-redonda, de acordo com Preti (2003).
Assim, na análise da conversação, podemos entender turno como aquilo que
um falante faz ou diz enquanto tem a palavra, incluindo também a possibilidade
de silêncio. O turno se trata de qualquer intervenção do interlocutor.

Um texto, nessaperspectiva, pode ser, então, uma amostra de comportamento linguístico-textual e comunicativo encontrados nos mais diversos gêneros textuais presentes em nossa sociedade até mesmo o silêncio pode ser considerado um texto, desde que tenha uma intenção interativa. No texto conversacional as formas do silêncio, por exemplo,são bastante frequentes e podem servir como estratégias textual-interativasVamos ver como Louis Hjelmslev3 concebe a palavra texto é tomada em um sentido mais amplodesignando um enunciado qualquer, falado ou escrito, longo ou curto, velho ou novo. “Silêncio!” como vimos no exemplo 2
Quem nunca ouviu os seguintes enunciados na sua vida:
- Você terminou o texto?
- Que texto complicado!
- Não gostei desse texto.
- Você decorou o texto?
- Peguem o texto do autor tal.- Os atores já receberam seus textos.
Conceituar a palavra texto é bem mais complexo do que se pode pensar dada a abrangência de termos que se ligam a sua significação.A configuração de um texto deve levar em consideração alguns critérios de textualidade que garanta a organização do sentido e a completude da mensagem num dado contexto sociocomunicativo.E é por meio de textos que odiscurso se manifesta e qualquer passagem no plano verbal e não-verbal, independentemente de sua extensão,que constitua um todo significativo, efetiva-se em um texto.

2.1 O que é textualidade?
Falar sobre textualidade precisamos muito de sua atenção.E assim redescobrir o fascinante mundo do texto.
O texto é uma unidade de linguagem em uso. Como uma ocorrência
linguísticafalada ou escrita deve apresentar três propriedades básicas:
• a primeira é sua função sociocomunicativa,
• a segunda propriedade é o fato de constituir-se como uma unidade
semântica, em que o texto seja um todo significativo, ter coerência;
• a terceira propriedade é a sua unidade formal, as palavras se
integram para formar um todo coeso.
Os autores que tratam da textualidade tomam...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!