2º Infância

Páginas: 7 (1514 palavras) Publicado: 27 de maio de 2014
Segunda Infância.
A partir dos dois anos de idade a criança torna-se mais ativa. Com a aquisição da consciência de si mesma, há uma ampliação do universo social e individual, pois a partir daí irá descobrir o tipo de pessoa que poderá vir a ser.
O mundo da criança desta fase é um mundo mágico. O jogo do “faz-de-conta” domina as suas atividades, ajudando-a a dar vazão aos seus desejos,temores, esperanças e impulsos agressivos. Com a imaginação e fantasia ela salta as fronteiras do tempo e do espaço e aumenta os limites de sua força real. Com as atividades lúdicas ela aprende a reconhecer as diferenças corporais entre meninos e meninas, a usar as palavras e a reconhecer e descrever seus sentimentos. Nas brincadeiras com as outras crianças é novamente a fantasia que lhe ensinaráos papéis sociais que, posteriormente, irá desempenhar. As conversas com as bonecas, as tarefas que desempenha na atividade de dona-de-casa, na de médico, professor, cientista, etc. proporcionarão vivências que serão úteis na formação de atitudes, no respeito a normas, e na aquisição do conceito de justiça.
As crianças progridem rapidamente quanto a aquisição de habilidades motoras grossas e finase a preferência pelo uso de uma das mãos é comum aos três anos, refletindo o predomínio de um dos hemisférios cerebrais.
O aparecimento da função simbólica irá permitir que a criança represente pessoas e objetos ausentes e imagine situações que não estão em sua realidade imediata. Ela se apresenta nas brincadeiras de faz-de-conta, imitações e na linguagem.
Durante a idade pré-escolar (fasepré-operacional) há uma expansão da curiosidade intelectual. Nas perguntas da criança pode-se observar uma necessidade de conceituar o cotidiano. Elas nunca são isoladas. A pergunta “O que é isso?” sempre é complementada por outras, tais como: “Por quê? Como? Para quê?”. No entanto, sua forma de solucionar problemas é bastante primitiva.
Se os pais e os demais adultos derem atenção e responderemadequadamente à curiosidade intelectual da criança, possibilitarão que ela corrija seus conceitos e modifique suas atitudes e expectativas, bem como ajudarão na construção de conhecimentos que serão úteis durante o processo de educação formal.
O raciocínio da criança de dois a seis anos de idade apresenta três características fundamentais: egocentrismo, animismo e irreversibilidade.Egocentrismo: O raciocínio da criança desta fase, especialmente dos dois aos quatro anos de idade, é muito influenciado por suas próprias vontades e desejos. Suas percepções e explicações refletem apenas um ponto de vista, ou seja, o seu. Por isso seus julgamentos são sempre absolutos e ela é insensível aos argumentos contrários às suas afirmações. Por exemplo, se uma delas estiver brincando com um adulto e,depois de certo tempo, este mostrar sinais de cansaço, ela permitirá apenas alguns segundos de descanso e imediatamente recomeçará a brincar. Se para ela alguns segundos são suficientes para recuperar as suas forças, para a outra também serão. O egocentrismo não decorre da tentativa de fazer com que a realidade externa se submeta simplesmente aos desejos da criança. Ao contrário, essa forma deorganização do mundo apoia-se em um estão de confusão entre o “eu” e o mundo externo. Assim, as explicações e crenças são uma mistura de impressões reais e imaginárias, resultantes de um entendimento distorcido da realidade e da existência de um conhecimento próprio, pessoal, que se caracteriza pela ausência de lógica. Daí a riqueza extraordinária de argumentação apresentada pela criança quando elapassa a discutir com os adultos.
Animismo: Devido ao seu egocentrismo, a criança estende suas vivências pessoais a brinquedos, animais ou objetos. É como se ela atribuísse uma alma humana a todas as coisas. Assim, uma árvore, uma boneca, um cachorro de pelúcia, passa a ter sentimentos e a pensar do mesmo modo que ela. Se, por exemplo, a boneca ou o bichinho de pelúcia forem deixados em casa...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 2º infancia
  • infancia
  • Infância
  • Infância
  • minha infância
  • Infância
  • Infância
  • a infancia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!