1203 2010 1 PB 1

Páginas: 20 (4913 palavras) Publicado: 6 de abril de 2015
A história dos jogos e a constituição da cultura lúdica
The history of games and the constitution of play culture
Alvaro Marcel Palomo Alves*
RESUMO: O presente trabalho busca fazer uma revisão de
literatura acerca da história dos jogos e brincadeiras tradicionais,
ressaltando sua importância no estudo do desenvolvimento psíquico
da criança. Ao longo do texto busca-se relacionar a história dosjogos com o conceito de cultura lúdica, conforme descrito por
Brougère (1995), ressaltando as inúmeras pesquisas conduzidas
pela profª Dra. Kishimoto na área. Conclui-se destacando a
importância de se conhecer a cultura lúdica de um povo através do
desvelamento de sua história que, no caso do Brasil, é marcada por
diferentes contribuições étnicas e culturais.
PALAVRAS-CHAVE: História dos jogos.Cultura lúdica. Jogos
tradicionais. Infância.
ABSTRACT: This article conducts a review of the literature
concerning the history of traditional games and play activities,
emphasizing their importance in the study of the psychic
development of children. The text relates the history of games with
the concept of play-culture, as described by Brougère (1995),
emphasizing the many studies conducted by Dr.Kishimoto in this
field. The paper concludes by emphasizing the importance of
understanding the play-culture of a people through the study of its
history, which in the case of Brazil, is marked by different ethnic
and cultural contributions.
KEYWORDS: History of games. Play-culture. Traditional games.
Cildhood.
1 Introdução

A história dos jogos e brincadeiras, assim como a história de uma formageral, é
uma construção humana que envolve fatores sócio-econômicos-culturais. Para Elkonin
(1998), o trabalho, como atividade humana transformadora da natureza, é anterior a
atividades como os jogos e a arte, estas atividades surgiriam em conseqüência do trabalho
humano e do uso de ferramentas. Esta concepção, fortemente influenciada pelo marxismo é
*

Psicólogo, mestre em Psicologia da Infância eda Adolescência pela UFPR. Professor Assistente da
UNIPAN/FACIAP - Cascavel (Pr). E-mail: ampalves@hotmail.com

predominante nas análises de pesquisadores soviéticos como Elkonin (1998), Vygotsky
(1984; 1990) e Leontiev (1988), mas também aparecem no trabalho de Benjamim (1984).
Para Plekhánov (apud ELKONIN, 1998, p. 38), “É de suma importância para
explicar a gênese da arte esclarecer a atitudedo trabalho em face do jogo ou, se preferir, do
jogo em face do trabalho”. Defendendo a tese de que o trabalho antecede ao jogo,
Plekhánov utiliza o exemplo dos jogos de guerra: “Primeiro surge a guerra verdadeira, e a
necessidade por ela criada, e logo depois, os jogos de guerra para satisfazer essa
necessidade” (PLEKHÁNOV, apud ELKONIN, 1998, p. 38). A brincadeira é a porta de
entrada da criançana cultura, sua apropriação passa por transformações histórico-culturais
que seriam impossíveis sem o aspecto sócio-econômico, neste sentido, a história, a cultura e
a economia se fundem dialeticamente fornecendo subsídios, ou melhor, símbolos culturais,
com os quais a criança se identifica com sua cultura. Expliquemos melhor. Os jogos e
brincadeiras tiveram ao longo da história um papelprimordial na aprendizagem de tarefas e
no desenvolvimento de habilidades sociais, necessárias às crianças para sua própria
sobrevivência. Segundo Elkonin (1998), o jogo deve se apresentar como uma atividade que
responde à uma demanda da sociedade em que vivem as crianças e da qual devem chegar a
ser membros ativos. Ora, se são sempre os adultos que introduzem os brinquedos na vida
das crianças e asensina a manejá-los, é de fato também, como aponta Brougère (1995), que
manipular brinquedos é acima de tudo, manipular símbolos, nesse sentido, nem sempre a
criança vai fazer do brinquedo o uso que o adulto espera quando o apresenta à criança.
Aqui, encontramos uma diferença nas posições de Elkonin e Brougère, para o
primeiro, interessa desvendar o surgimento do jogo protagonizado na história, mas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 11 54 1 PB 1
  • 1580 5487 1 PB 1
  • 344 2996 1 PB 1
  • 650 2173 1 PB 1
  • 329 1228 1 PB 1
  • 2747 8169 1 PB 1
  • 164 605 1 PB 1
  • 1242 3966 1 PB 1

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!