100 Anos da gestão

Páginas: 18 (4393 palavras) Publicado: 6 de abril de 2013
Índice









Introdução 2





1. Teorias Clássicas 3



1. Frederick W. Taylor – Os princípios da Gestão Cientifica 3,4,5

2. Fayol e a teoria Geral daadministração 5,6,7

3. Henry Ford – O Fordismos e a produção em massa 7,8,9

4. Max Weber e a teoria burocrática e Mary Packer Follet 9







2. O triunfo das organizações 9,10,11



1. As principais teorias damotivação 11,12







3. O pai da gestão Peter Drucker 12,13



4. Michael Porter – Modelo de 5 forças 13





5. A Reengenharia14,15



6. Conclusão 16



7. Bibliografia 17







Introdução



A gestão enquanto atividade responsável pela mobilização e coordenação de recursos diversos surgiu há milhares deanos atrás desde o princípio da natureza humana, o homem sentiu a necessidade de se organizar em sociedade para alcançar, através de seus esforços, os seus objetivos. Daí surgiu às primeiras empresas tradicionais, da época como (Egito, Império Romano, etc.), mas o seu estudo como disciplina é relativamente recente, pouco menos de um século.

Após a revolução industrial surgem as grandescorporações e a profissionalização da gestão, que moldaram decisivamente o estilo de vida das sociedades industrializadas criando a sociedade organizacional em que vivemos. O seu advento conduziu ao interesse pelo estudo das organizações e à consequente criação de teorias para melhor compreender e atuar sobre essa realidade tão complexa.

A evolução da gestão acompanha a dinâmica do próprio conceito deorganização, desde uma visão mecanicista, estável, previsível e racional até uma concepção mais organicista, sistémica e evolutiva. O desenvolvimento atual das teorias organizacionais aponta para um paradoxo, porque ao mesmo tempo em que a competitividade do avanço tecnológico se impõe cada vez mais se fala de motivação, liderança e gestão da mudança. Esta contradição deve-se ao fato de, enquanto queas primeiras teorias da gestão, no início do século XX, pretendiam que fosse possível analisar, prever e controlar as organizações reconhece-se hoje que a instabilidade e imprevisibilidade do meio interno e externo são demasiado complexas para permitir a concretização da gestão como ciência, com as características de previsibilidade e controle que as primeiras teorias propunham.Teorias clássicas



No século XX, o panorama industrial tinha características e elementos para inspirar uma Ciência da Administração: uma imensa variedade de empresas, com tamanhos diferenciados, problemas de baixos rendimentos dos recursos utilizados, desperdício, insatisfação generalizada entre os operários, intensa concorrência, alto volume de perdas por decisões mal formuladas, isso tudolevou a divisão do trabalho entre os que pensam e executam, os primeiros fixam os padrões de produção, descrevem os cargos estudam métodos e técnicas de trabalho. Esse panorama levou os autores clássicos a desenvolver uma Ciência da Administração.

A Teoria Clássica teve o seu início na França e 1916, tendo como fundador o francês Henri Fayol, engenheiro que se baseava em princípios e técnicas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 100 anos
  • 100 Anos de taylor
  • Luiz gonzaga 100 anos
  • "100 anos de Vinícius"
  • Henri Poincare 100 Anos
  • A Guerra Dos 100 Anos
  • 100 anos de mecânica quântica
  • 100 anos com o núcleo atômico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!