10 Passos para a segurança do paciente

Páginas: 26 (6396 palavras) Publicado: 22 de março de 2012
10 PASSOS PARA

A

SEGURANÇA DO PACIENTE

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DO ESTADO DE SÃO PAULO – COREN-SP
REDE BRASILEIRA DE ENFERMAGEM E SEGURANÇA DO PACIENTE – REBRAENSP – POLO SÃO PAULO

SÃO PAULO – 2010

Cartilha COREN 10 Passos final.indd 1

5/7/10 3:42 PM

SOBRE OS AUTORES

Ariane Ferreira Machado Avelar
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. EnfermeiraTécnico-Administrativa em
Educação da Universidade Federal de São Paulo. Membro da Câmara Técnica
do COREN-SP. Membro da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Carmen Ligia Sanches Salles
Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Consultora em Controle de Infecção e
Gerenciamento de Resíduos. Membro da Câmara Técnica do COREN-SP.
Membro da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Elena Bohomol
Enfermeira. Doutora em Enfermagem.Professora do Centro Universitário
São Camilo. Membro da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Liliane Mauer Feldman
Doutoranda do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de São
Paulo. Membro da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Cartilha COREN 10 Passos final.indd 2

5/7/10 3:42 PM

Maria Angélica Sorgini Peterlini
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Universidade
Federal deSão Paulo. Coordenadora da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Maria de Jesus Castro Sousa Harada
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta aposentada
da Universidade Federal de São Paulo. Coordenadora da Câmara Técnica
do COREN-SP. Membro da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Maria D’innocenzo
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Universidade
Federal de São Paulo. Membroda REBRAENSP - Polo São Paulo.

Mavilde da Luz Gonçalves Pedreira
Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Universidade
Federal de São Paulo. Pesquisadora do CNPq. Assessora do COREN-SP. Membro
da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Rosemeire Keiko Hangai.
Enfermeira. Gerente de Risco e Membro da CCIH do Hospital Cotoxó. Membro
da REBRAENSP - Polo São Paulo.

Cartilha COREN 10Passos final.indd 3

5/7/10 3:42 PM

INTRODUÇÃO

A Aliança Mundial para a Segurança do Paciente, desde a sua criação em
2004, tem elaborado programas e diretrizes que visam sensibilizar e mobilizar
profissionais de saúde e a população para a busca de soluções que promovam a
segurança do paciente, divulgando conhecimentos e desenvolvendo ferramentas
que possibilitem a mudança darealidade no cenário mundial.
No mesmo propósito, a Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente
(REBRAENSP) tem como finalidade promover articulação e cooperação
técnica entre instituições direta ou indiretamente ligadas à saúde e à educação
de profissionais da área, além de fortalecer a assistência de enfermagem
desenvolvendo diversos programas conforme as necessidades dos Estados emunicípios no território nacional.
O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo – COREN-SP – ciente de
que a equipe de enfermagem possui um papel fundamental nos processos que
envolvem a atenção ao paciente, assumiu, para o ano de 2010, o compromisso
de promover uma grande campanha pela segurança do paciente, esclarecendo
a categoria de enfermagem e chamando-a à responsabilidade de lançar umnovo olhar sobre suas práticas cotidianas e identificar falhas no processo
possíveis de gerar erros.
Assim, a cartilha 10 Passos para a Segurança do Paciente foi elaborada
a partir de ampla discussão com membros do Polo São Paulo da REBRAENSP
em parceria com a Câmara Técnica do COREN-SP , no sentido de contemplar
os principais pontos que teriam impacto direto na prática assistencial deenfermagem, capazes de serem implementados em diversos ambientes de
cuidados.

Cartilha COREN 10 Passos final.indd 4

5/7/10 3:42 PM

Profissionais com experiência acumulada na prática, no ensino ou na pesquisa,
em muitos anos de dedicação à área da saúde, elaboraram os dez passos com
base em evidências científicas atualizadas e procuraram apresentá-los de forma
objetiva e prática, sendo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 10 passos para segurança do paciente
  • 10 passos para segurança do paciente
  • 10 passos segurança do paciente
  • 10 Passos
  • Segurança do Paciente
  • Segurança do paciente
  • Segurança do paciente
  • SEGURANÇA DO PACIENTE

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!