093248070450

Páginas: 2 (287 palavras) Publicado: 1 de dezembro de 2014
A violência no mundo vem desde a antiguidade, em Roma, por exemplo, existiam as lutas de gladiadores, com muito sangue derramado, as mortes dos criminosos em praçapública com requintes de crueldade ou como ato de vingança reparatória, colocando muitas vezes á exposição de feras selvagens e até mesmo á crucificação, e tudo isto ávista de todos, transformando as mortes em espetáculos. Hoje não é muito diferente do que acontecia no passado, pois temos muitos massacres civis, atos terroristas,vandalismos, e ainda temos muitas pessoas a favor da pena de morte, e tudo isso se converte em espetáculos de horror e atração. Mas o que pensar destas crueldades todasdo ser humano? Será que somos seres maus por natureza? Essas perguntas nos fazem refletir e buscar respostas para justificar tais atrocidades.
Nos dias atuaisconvivemos com uma cultura onde é cada um por si, onde as pessoas são capazes de tudo para atingir seus objetivos, não importando as conseqüências de seus atos e sim osbenefícios de seus atos.

O livre-arbítrio é usado de forma errônea, pois o bem e o mal estão à disposição do ser humano, mas por sua imperfeição tende a pender mais para omal. A ambição, o egoísmo, a materialidade, a influência do mau, a fome, a miséria, o desemprego podem levar o homem ao ócio e em conseqüência a infiltração ao mundodas drogas, do crime e da violência a desorganização humana quer seja política ou social tem gerado situações dolorosas, conflitantes e preocupantes para o meio ondevivemos em que amor e o perdão são duas palavras valiosas que sumiram do mapa. Precisamos pender mais para o lado do bem e redescobrir o lado mais humano que temos.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!