056525201

Páginas: 2 (274 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
Conclusão
Cap. 3.1 a 3.5

A pedagogia da Autonomia é uma obra que exige exprimir os saberes necessário e indispensável a uma prática educativa compadrões éticos que regem a sociedade. O grande sonho de Paulo Freire era o de uma educação aberta, democrática, que despertasse nos alunos o gosto da pergunta, a paixãodo saber, a curiosidade, a alegria de criar, e o prazer do risco para possibilitar a criação, mas acima de tudo isso exige garra, coragem e ousadia. O Professor deverrevelar aos alunos a sua capacidade de analisar, de comparar, de avaliar, de decidir, de optar, de romper, capacidade de fazer justiça, de não falhar com a verdade,ético, por isso mesmo é a sua ação com os alunos que os revela um profissional da educação.
Segundo o Autor, ele fala que quanto mais penso sobre a práticaeducativa, reconheço a responsabilidade que ela exige de mim, quanto mais me convenço do meu dever de lutar no sentido de que a educação seja realmente respeitada. OProfessor não pode passar despercebido pelos alunos, de maneira que eles percebam e me ajudar ou desajudar no cumprimento da minha tarefa de professor, precisamoscompreender e aprender a significação de um silêncio ou de um sorriso ou de uma retirada de fala. O Espaço pedagógico é um texto para ser constantemente lido, “interpretado”,escrito e “reescrito”. Neste sentido quanto mais solidariedade existe entre o educador e o educando mais possibilidade de aprendizagem democráticas se abrem na escola aeducação embora não seja capaz de transformar sozinha a realidade, encara em si uma força que o educador crítico pode utilizar em favor dessa transformação.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!