000000000000

Páginas: 2 (275 palavras) Publicado: 3 de novembro de 2014
Vivemos numa liberdade de imprensa muito relativa, mas não devido ao governo, e sim devido aos interesses capitalistas dos empresários da opinião deste país, que estãorestritos a uma única opinião, refletindo os interesses de um pequeno grupo de empresários poderosos…

uma de suas visitas ao Brasil.
O desespero dela, quedenunciava o assassinato, para a imprensa, intelectuais e pessoas nas ruas, a fez ter o mesmo destino do filho. Certa noite, em um estranho acidente de carro, ela morre. Ela játinha deixado, com um amigo, uma carta comentando deste possível atentado. O portado da carta (não lembro bem se foi ou não Chico Buarque) por varias vezes tentoutorná-la publica mas não foi possível.

Vivemos numa liberdade de imprensa muito relativa, mas não devido ao governo, e sim devido aos interesses capitalistas dos empresáriosda opinião deste país, que estão restritos a uma única opinião, refletindo os interesses de um pequeno grupo de empresários poderosos…uma de suas visitas ao Brasil.
Odesespero dela, que denunciava o assassinato, para a imprensa, intelectuais e pessoas nas ruas, a fez ter o mesmo destino do filho. Certa noite, em um estranho acidentede carro, ela morre. Ela já tinha deixado, com um amigo, uma carta comentando deste possível atentado. O portado da carta (não lembro bem se foi ou não Chico Buarque)por varias vezes tentou torná-la publica mas não foi possível.

Vivemos numa liberdade de imprensa muito relativa, mas não devido ao governo, e sim devido aosinteresses capitalistas dos empresários da opinião deste país, que estão restritos a uma única opinião, refletindo os interesses de um pequeno grupo de empresários poderosos…
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000
  • 000000000000

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!